???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/5021
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorCAMEJO, Maria Soledad-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/3780892283007698por
dc.contributor.advisor1LIMA, Valéria Ferreira Santos de Almada-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/7758192020816194por
dc.contributor.referee1LIMA, Valéria Ferreira Santos de Almada-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/7758192020816194por
dc.contributor.referee2ARAÚJO, Maria do Socorro Sousa de-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/4538063821382720por
dc.contributor.referee3SOUSA, Salviana de Maria Pastor Santos-
dc.contributor.referee3Latteshttp://lattes.cnpq.br/8050800993055954por
dc.contributor.referee4LIRA, Zarah Barbosa-
dc.contributor.referee4Latteshttp://lattes.cnpq.br/3646056887099252por
dc.contributor.referee5SILVA, Saulo Pinto-
dc.contributor.referee5Latteshttp://lattes.cnpq.br/7294623203695390por
dc.date.accessioned2023-10-17T20:31:44Z-
dc.date.issued2023-08-21-
dc.identifier.citationCAMEJO, Maria Soledad. A política de crescimento econômico e a felicidade no projeto societário capitalista: uma análise contemporânea. 2023. 231 f. Tese (Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas/CCSO) - Universidade Federal do Maranhão, 2023.por
dc.identifier.urihttps://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/5021-
dc.description.resumoA presente tese aborda a relação entre a felicidade e os fatores econômicos que circunscrevem a nossa vida com vistas à análise crítica da política de crescimento econômico. A felicidade é compreendida como um estado de autopercepção que é abordado a partir dos conceitos científicos de bem-estar subjetivo e autorrealização. Parte-se do entendimento de que embora tenha uma expressão individual e uma constituição única em cada um de nós, ela é incompreensível enquanto não sejam referenciados os moldes nos quais emerge como valor humano e, nesse sentido, pode ser pensada a dimensão pública da felicidade e as ações dos governos para materializá-la. A felicidade pode ser pensada como um projeto social e sobretudo como a fonte que legitima a política de crescimento econômico. A questão de fundo que interessa particularmente na pesquisa proposta é elucidar até que ponto a partir do acúmulo das pesquisas científicas atuais podem ser atendidas as observações, muito especialmente desenvolvidas por Marx, sobre a problemática intrínseca do sistema capitalista que tem a ver com o fato de que a produção material, e ainda, a produção da vida, estão subsumidas a serviço da acumulação do capital e não a serviço das necessidades humanas. A pergunta mais elementar que envolve a presente tese é justamente por que é inquestionável crescer do ponto de vista da felicidade. Com fundamento numa perspectiva marxista e numa estratégia metodológica baseada na Pesquisa Bibliográfica a tese indica mais do que uma flagrante dúvida, a ilusão fantasiosa que envolve a política do crescimento econômico enquanto caminho para atingir maiores níveis de satisfação. O que pode ser deduzido nesse sentido a partir das pesquisas consultadas é que na frente de uma produção crescente, do ponto de vista dos alvos da política de crescimento econômico, tudo indica que se poderá continuar adicionando os bens disponibilizados, mas isso pode ser só uma correria sem fim e com poucos frutos para a população ao longo do tempo. O capitalismo é uma máquina de produzir mais desejos, mais expectativas e mais pulsão sobre um melhor futuro e a política de crescimento econômico é o tributo mais fortemente estabelecido nesse sentido.por
dc.description.abstractThis thesis addresses the relationship between happiness and the economic factors that circumscribe our lives with a view to a critical analysis of economic growth policy. Happiness is understood as a state of self-perception that is approached from the scientific concepts of subjective well-being and self-actualization. It starts from the understanding that although it has an individual expression and a unique constitution in each of us, it is incomprehensible until the molds in which it emerges as a human value are referenced and in this sense the public dimension of happiness and the government actions to materialize it. Happiness can be thought of as a social project and above all as the source that legitimizes the policy of economic growth. The fundamental question that is of particular interest in the proposed research is to elucidate to what extent, from the accumulation of current scientific research, the observations, very especially developed by Marx, on the intrinsic problematic of the capitalist system that has to do with the fact that that material production, and even the production of life, are subsumed at the service of capital accumulation and not at the service of human needs. The most elementary question that involves this thesis is precisely why it is unquestionable to grow from the point of view of happiness. Based on a Marxist perspective and a methodological strategy based on Bibliographic Research, the thesis indicates more than a blatant doubt, the fanciful illusion that involves the policy of economic growth as a way to achieve greater levels of satisfaction. What can be deduced in this sense from the surveys consulted is that in the face of growing production, from the point of view of the targets of the economic growth policy, everything indicates that it will be possible to continue adding the available goods, but this may only be a endless rush and with little fruit for the population over time. Capitalism is a machine for producing more desires, more expectations and more drive for a better future, and the policy of economic growth is the most strongly established tribute in this sense.eng
dc.description.provenanceSubmitted by Daniella Santos (daniella.santos@ufma.br) on 2023-10-17T20:31:44Z No. of bitstreams: 1 MARIASOLEDADCAMEJO.pdf: 1372664 bytes, checksum: 3a5c30c1e17f4a48a5e0600a0a097ffb (MD5)eng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2023-10-17T20:31:44Z (GMT). No. of bitstreams: 1 MARIASOLEDADCAMEJO.pdf: 1372664 bytes, checksum: 3a5c30c1e17f4a48a5e0600a0a097ffb (MD5) Previous issue date: 2023-08-21eng
dc.formatapplication/pdf*
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal do Maranhãopor
dc.publisher.departmentDEPARTAMENTO DE ECONOMIA/CCSOpor
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUFMApor
dc.publisher.programPROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM POLÍTICAS PÚBLICAS/CCSOpor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectfelicidade;por
dc.subjectbem-estar subjetivo;por
dc.subjectautorrealização;por
dc.subjectcrescimento econômico;por
dc.subjectcapitalismo;por
dc.subjectpolíticas públicas;por
dc.subjecthappiness;eng
dc.subjectsubjective well-being;eng
dc.subjectself-realization;eng
dc.subjecteconomic growth;eng
dc.subjectcapitalism;eng
dc.subjectpublic policy.eng
dc.subject.cnpqEconomiapor
dc.subject.cnpqPolíticas Públicaspor
dc.titleA política de crescimento econômico e a felicidade no projeto societário capitalista: uma análise contemporâneapor
dc.title.alternativeThe policy of economic growth and happiness in the capitalist societal project: a contemporary analysiseng
dc.typeTesepor
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM POLÍTICAS PÚBLICAS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MARIASOLEDADCAMEJO.pdfTese de doutorado1,34 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.