???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/4920
Tipo do documento: Dissertação
Trabalho sob sigilo. Período: 1 ano. Motivo: Publicação em Periódico Cientifico.
Título: Desenvolvimento e validação de aplicativo móvel para pacientes em tratamento da Hanseníase
Título(s) alternativo(s): Development and validation of a mobile application for patients undergoing leprosy treatment
Autor: EVANGELISTA, Giovanna Cantanhede Nepomuceno 
Primeiro orientador: COUTINHO, Nair Portela Silva
Primeiro coorientador: AQUINO, Dorlene Maria Cardoso de
Primeiro membro da banca: COUTINHO, Nair Portela Silva
Segundo membro da banca: AQUINO, Dorlene Maria Cardoso de
Terceiro membro da banca: MONTEIRO, Estela Maria Leite Meireles
Quarto membro da banca: SARDINHA, Ana Hélia de Lima
Resumo: Introdução: O uso de aplicativos em dispositivos móveis pode promover inúmeros benefícios para os usuários em tratamento de doenças crônicas na atenção básica, entre elas a hanseníase. Objetivo: desenvolver e validar um aplicativo móvel para pacientes em tratamento da hanseníase. Método: estudo metodológico, utilizando-se adaptação do modelo User Centered Design (UCD) organizado nas fases: foco nos usuários e suas tarefas e mensuração da usabilidade. Na primeira buscou-se identificar o interesse das pessoas afetadas pela hanseníase em um aplicativo móvel e a definição do conteúdo que foi fundamentada no resultado dessa pesquisa, no Guia prático sobre a Hanseníase e na Caderneta de saúde da pessoa acometida pela Hanseníase. Na segunda fase o aplicativo foi desenvolvido através da adaptação do método scrum, que otimiza o tempo e facilita a comunicação entre a equipe e a validação que envolveu 15 especialistas da saúde, 3 especialistas da computação e design e 15 pessoas afetadas pela hanseníase. Os profissionais da saúde avaliaram o conteúdo e aparência do aplicativo, cujo resultado foi pelo Índice de Validade de Conteúdo (IVC), os profissionais da tecnologia responderam ao questionário para design e usabilidade através das Heurísticas de Nielsen e as pessoas afetadas pela hanseníase responderam o System Usability Scale (SUS), avaliando a usabilidade do aplicativo. Resultados: o aplicativo “HansenAgenda” foi desenvolvido pelo método de prototipagem, para smartphones com sistema Android, no ambiente Android Studio, com a linguagem de programação Java e interface de usuário criada a partir da linguagem XML, ambos padrões do ambiente. Foi dividido em módulos denominados telas que funcionam de forma independente, com sua própria interface, mas podendo se comunicar uns com os outros. A validação do conteúdo e aparência demostrou alta concordância com IVC geral de 0,93. A usabilidade pelas pessoas afetadas pela hanseníase foi avaliada adequada para uso com escore médio de 92,8 na escala SUS com classificação “Melhor Imaginável” e as respostas a esse questionário mostraram boa confiabilidade, conforme a análise de validação pelo coeficiente alfa de Cronbach (valor:0,986). Conclusão: o estudo possibilitou o desenvolvimento do aplicativo “HansenAgenda”, para uso das pessoas afetadas pela hanseníase e validado por especialistas da saúde, computação e design e avaliado positivamente pelo público-alvo.
Abstract: Introduction: The use of applications on mobile devices can promote numerous benefits for users in treatment of chronic diseases in primary care, among them leprosy. Objective: to develop and validate a mobile application for patients undergoing leprosy treatment. Method: a methodological study, using an adaptation of the User Centered Design (UCD) model organized in phases: focus on users and their tasks and usability measurement. In the first phase, we sought to identify the interest of people affected by leprosy in a mobile application and the definition of the content that was based on the result of this research, in the Practical Guide on Leprosy and in the Health Handbook of the person affected by Leprosy. Initially we sought to identify the interest of people affected by leprosy in a mobile application and the definition of the content that was based on the results of this research, on the Leprosy Field Guide and on the Health Booklet for People Affected by Leprosy. In the second phase, the application was developed by adapting the scrum method, which optimizes time and facilitates communication between the team and validation, which involved 15 health specialists, 3 computing and design specialists and 15 people affected by leprosy. Health professionals evaluated the content and appearance of the application, whose result was the Content Validity Index (CVI), technology professionals answered the questionnaire for design and usability through Nielsen's Heuristics and people affected by leprosy answered the System Usability Scale (SUS), evaluating the usability of the application. Results: the “HansenAgenda” application was developed using the prototyping method, for smartphones with the Android system, in the Android Studio environment, with the Java programming language and user interface created from the XML language, both environment standards. It was divided into modules called screens that work independently, with their own interface, but able to communicate with each other. Content and appearance validation showed high agreement with an overall CVI of 0.93. The usability by people affected by leprosy was assessed as adequate for use with an average score of 92.8 on the SUS scale with the “Best Imaginable” classification and the responses to this questionnaire showed good reliability, according to the validation analysis by Cronbach's alpha coefficient (value: 0.986). Conclusion: the study enabled the development of the “HansenAgenda application, for use by people affected by leprosy and validated by health, computing and design specialists and positively evaluated by the target audience.
Palavras-chave: Atenção Básica;
Hanseníase;
Aplicativos Móveis;
Estudo de Validação;
Tecnologia Educacional
Primary Care;
Leprosy;
Mobile Applications;
Validation Study;
Educational Technology
Área(s) do CNPq: Enfermagem de Saúde Pública
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM/CCBS
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM REDE EM SAÚDE DA FAMÍLIA/CCBS
Citação: EVANGELISTA, Giovanna Cantanhede Nepomuceno. Desenvolvimento e validação de aplicativo móvel para pacientes em tratamento da Hanseníase. 2023. 10 f. Dissertação( Rede Nordeste de Formação em Saúde da Família - RENASF) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2023.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/4920
Data de defesa: 29-Mar-2023
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - REDE NORDESTE DE FORMAÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Giovanna Parcial.pdfDissertação de Mestrado438,66 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.