???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/3442
Tipo do documento: Dissertação
Título: Preditores da síndrome de Burnout em agentes comunitários de saúde da atenção primária de São Luís – Ma
Título(s) alternativo(s): Predictors of Burnout Syndrome in community health workers in primary care in São Luís – Ma
Autor: CASTELO BRANCO, Rosana Maria Paixão 
Primeiro orientador: RAMOS, Maria do Rosario da Silva
Primeiro coorientador: SANTANA, Ivone Lima
Primeiro membro da banca: RAMOS, Maria do Rosário da Silva
Segundo membro da banca: PACHECO, Marcos Antônio Barbosa
Terceiro membro da banca: COUTINHO, Nair Portela Silva
Quarto membro da banca: BARBOSA, Maria do Carmo Lacerda
Resumo: Introdução: A síndrome de Burnout resulta de um processo crônico de exposição a estressores laborais. Caracteriza-se por exaustão emocional, despersonalização e baixa realização profissional. Os profissionais de saúde são propensos a ela por lidarem diretamente com pessoas e sofrimento, o que prejudica sua saúde e o cuidado ofertado à sociedade. Objetivos: Estudar a prevalência e os preditores da síndrome de Burnout nos Agentes Comunitários de Saúde, da rede de Atenção Primária do município de São Luís - MA. Metodologia: Trata-se de um estudo de natureza quantitativa, descritivo, com delineamento transversal, realizado com 102 agentes comunitários de saúde que atuam na ESF do Distrito Sanitário Itaqui Bacanga de São Luís - MA. Para caracterizar os preditores da Síndrome de Burnout, foi empregado um questionário sociodemográfico e a Escala padronizada de Caracterização de Burnout para analisar a magnitude da Síndrome (instrumento de Maslach Burnout Interventory). Para a análise estatística foi utilizado o programa Epiinfo7 com análise descritiva, bivariada e multivariada. Resultados: A prevalência da Síndrome foi de 33,4% (IC95%: 26,94 – 4) para a caracterização dos domínios, os resultados foram: (56,9%) para exaustão emocional, (78,4%) com alta despersonalização e (73,5%) com baixa realização profissional. Das variáveis da pesquisa associadas à Síndrome, as que foram estatisticamente significantes: renda (p: 0,031, IC 95%: 25,4-30, Dp:14,1) e estado Civil (p; 0,09, IC 95%: 13,4-16,3%, Dp: 7,4) para os domínios Exaustão Emocional e despersonalização respectivamente. Considerações finais: Entre os agentes comunitários de saúde do distrito sanitário Itaqui – Bacanga de São Luís existes uma prevalência significativa para a síndrome de Burnout, sendo necessário medidas preventivas e de intervenções, com vistas a aperfeiçoar a qualidade do ambiente ocupacional.
Abstract: Introduction: Burnout syndrome results from a chronic process of exposure to work stressors. It is characterized by emotional exhaustion, depersonalization and low professional achievement. Health professionals are prone to it because they deal directly with people and suffering, which affects their health and the care offered to society. Objectives: To study the prevalence and predictors of Burnout Syndrome in Community Health Agents in the Primary Care network in the city of São Luís-MA. Methodology: This is a quantitative, descriptive study, with a cross-sectional design, carried out with 102 community health agents who work in the ESF of the Sanitary District Itaqui Bacanga de São Luís-MA. To characterize the Burnout Syndrome predictors, a sociodemographic questionnaire and the standardized Burnout Characterization Scale were used to analyze the magnitude of the Syndrome (Maslach Burnout Interventory instrument). For statistical analysis, the Epiinfo7 program was used with descriptive, bivariate and multivariate analysis. Results: The prevalence of the Syndrome was 33.4% (95%CI: 26.94 - 4) for the characterization of the domains, the results were: (56.9%) for emotional exhaustion, (78.4%) with high depersonalization and (73.5%) with low professional achievement. Of the research variables associated with the Syndrome, those that were statistically significant: income (p: 0.031, 95% CI: 25.4-30, SD: 14.1) and marital status (p; 0.09, 95% CI: 13.4-16.3%, Sd: 7.4) for the Emotional Exhaustion and Depersonalization domains, respectively. Final considerations: Among the community health agents in the Itaqui – Bacanga de São Luís health district, there is a significant prevalence of Burnout syndrome, requiring preventive measures and interventions to improve the quality of the occupational environment.
Palavras-chave: Burnout
Atenção primária
Agentes comunitário de saúde
Área(s) do CNPq: Ciências da Saúde
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE MEDICINA I/CCBS
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM REDE EM SAÚDE DA FAMÍLIA/CCBS
Citação: CASTELO BRANCO, Rosana Maria Paixão. Preditores da síndrome de Burnout em agentes comunitários de saúde da atenção primária de São Luís – Ma. 2021. 59 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Rede - Rede Nordeste de Formação em Saúde da Família/CCBS) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2021.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/3442
Data de defesa: 13-Jul-2021
Appears in Collections:DISSERTAÇÕES DE MESTRADO - PROGRAMA EM REDE EM SAÚDE DA FAMILIA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ROSANA - CASTELO BRANCO.pdfDissertação de Mestrado2,75 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.