???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2986
Tipo do documento: Dissertação
Título: Cuidados paliativos na atenção primária: conhecimento dos médicos e enfermeiros da estratégia saúde da família de um município de referência no Maranhão
Título(s) alternativo(s): Palliative care in primary care: knowledge of doctors and nurses of the family health strategy of a reference city in Maranhão
Autor: SANTIAGO, Francisco Alipio de Oliveira 
Primeiro orientador: CHEIN, Maria Bethânia da Costa
Primeiro coorientador: BRITO, Luciane Maria Oliveira
Primeiro membro da banca: CHEIN, Maria Bethânia da Costa
Segundo membro da banca: BARBOSA, Maria do Carmo Lacerda
Terceiro membro da banca: LEAL, Plínio da Cunha
Quarto membro da banca: SERRA, Jacira do Nascimento
Quinto membro da banca: COUTINHO, Nair Portela Silva
Resumo: Introdução: O cuidado a pacientes em fase final da vida é cada vez mais frequente devido ao progressivo envelhecimento da população e o consequente aumento de pacientes com doenças crônicas. No Brasil, os poucos serviços de cuidados paliativos geralmente estão ligados a hospitais especializados. Um dos principais obstáculos para se oferecer Cuidados Paliativos (CP) adequados é a deficiência na formação dos profissionais da área da saúde. Objetivo: identificar o conhecimento em Cuidados Paliativos e as principais fragilidades das práticas diárias dos profissionais de saúde de nível superior que atuam na Estratégia Saúde da Família (ESF) no acompanhamento de pessoas com doença em quadro de fim de vida. Metodologia: Estudo transversal, analítico, realizado na ESF do município de São José de Ribamar - MA com profissionais de nível superior (médicos e enfermeiros), utilizou-se questionário alemão (Bonn Palliative Care Knowledge Test) versão em português para avaliar conhecimento e autoconfiança em CP. Foram entrevistados 66 profissionais de saúde, sendo 30 (45,4%) médicos e 36 (54,6%) enfermeiros. Para o cálculo estatístico, foi utilizado o software SPSS v. 19, admitindo-se um nível de significância de 0,05. Para se avaliar os acertos e erros dos questionários de conhecimento entre médicos e enfermeiros, foi empregado o teste do Qui-quadrado. Resultados: Ás variáveis representadas pela idade, anos de estudo, tempo de término da graduação e tempo de trabalho na Atenção Primária á Saúde não tiveram diferenças (p > 0,05). Houve predomínio dos graduados com mais de 10 anos de conclusão, com 32 (47,8%). No atendimento a pacientes em cuidados paliativos, 46 profissionais (69,7%) relataram a aferição de pressão arterial e a mensuração da glicemia capilar como as práticas mais comuns na ESF. Os profissionais de saúde avaliados não tiveram diferenças significativas na frequência de acertos, o maior número de acertos obtidos foi em questões que abordam a dimensão física. Ocorreu uma maior frequência de médicos com melhor desempenho naqueles com o tempo de graduação ≤ 5 anos e, por sua vez, uma maior frequência de enfermeiros com melhor desempenho com tempo de graduação ≥ 10 anos. Conclusão: As práticas assistências e o entendimento dos profissionais para pacientes em CP são predominantemente voltadas para os aspectos físicos. Os profissionais expressam um elevado perfil de autoconfiança, entretanto, de modo equívoco no que se refere aos CP. Em suma, os profissionais da APS do Município de São José de Ribamar – MA, apresentaram baixo conhecimento em relação aos Cuidados Paliativos e suas práticas são voltadas a controle de sintomas físicos.
Abstract: Introduction: End-of-life care is becoming more frequent due to the progressive aging of the population and the consequent increase in patients with chronic diseases. In Brazil, the few palliative care services are usually linked to specialized hospitals. One of the main obstacles to offering adequate Palliative Care (CP) is the deficiency in the training of health professionals. Objective: to identify the knowledge in Palliative Care and the main fragilities of the daily practices of health professionals of higher level who work in the Family Health Strategy (FHS) in the follow-up of people with illness in the end-of-life. Methods: A cross-sectional, analytical study was carried out at the ESF in the municipality of São José de Ribamar - MA with professionals (doctors and nurses). A German questionnaire (Bonn Palliative Care Knowledge Test) was used to evaluate knowledge and self-confidence in CP. A total of 66 health professionals were interviewed, of whom 30 (45.4%) were physicians and 36 (54.6%) were nurses. For the statistical calculation, SPSS v. 19, assuming a significance level of 0.05. In order to evaluate the correctness and errors of knowledge questionnaires between physicians and nurses, the Chi-square test was used. Results: Variables represented by age, years of schooling, graduation time and working time in primary health care did not differ (p> 0.05). There was a predominance of graduates for over 10 years, with 32 (47.8%). In the care of patients in palliative care, 46 professionals (69.7%) understood the measurement of blood pressure and the measurement of capillary glycemia as the most common practices in FHS. The health professionals evaluated did not have significant differences in the frequency of correct answers, the greatest number of answers obtained was in questions that deal with the physical dimension. There was a higher frequency of better performing physicians in those with graduation time ≤ 5 years and, in turn, a higher frequency of better performing nurses with graduation time ≥ 10 years. Conclusion: Practical assistance and understanding of professionals for patients in CP are predominantly focused on the physical aspects. The professionals express a high profile of self-confidence, however, in an equivocal way with regard to CPs. In short, APS professionals from the Municipality of São José de Ribamar - MA, presented low knowledge regarding Palliative Care and their practices are focused on the control of physical symptoms.
Palavras-chave: Cuidados paliativos
Atenção primária
Conhecimento
Palliative care
Primary health care
Knowledge
Área(s) do CNPq: Ciências da Saúde
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE MEDICINA III/CCBS
Programa: PROG POS GRAD PROF EM SAUDE DA FAMILIA
Citação: SANTIAGO, Francisco Alipio de Oliveira. Cuidados paliativos na atenção primária: conhecimento dos médicos e enfermeiros da estratégia saúde da família de um município de referência no Maranhão. 2018. 79 f. Dissertação (PROG POS GRAD PROF EM SAUDE DA FAMILIA) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2986
Data de defesa: 11-Dec-2018
Appears in Collections:DISSERTAÇÕES DE MESTRADO - PROGRAMA EM REDE EM SAÚDE DA FAMILIA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FranciscoAlipioSantiago.pdfDissertação de Mestrado740,1 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.