???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2841
Tipo do documento: Dissertação
Título: A experiência desenvolvimentista brasileira a partir de 2003
Título(s) alternativo(s): The Brazilian developmental experience from 2003
Autor: RIBEIRO FILHO , Wilson França 
Primeiro orientador: FARIAS, Flávio Bezerra de
Primeiro membro da banca: FARIAS, Flávio Bezerra de
Segundo membro da banca: MADEIRA, Welbson do Vale
Terceiro membro da banca: TEIXEIRA, Juliana Miranda Carvalho
Resumo: Esta dissertação visa expor e discutir o desempenho da experiência desenvolvimentista brasileira a partir de 2003, tendo como símbolo a posse de Luiz Inácio Lula da Silva no cargo de Presidente da República Federativa do Brasil. Nesta exposição, a análise é feita com base na apresentação de alguns indicadores econômicos, cuja finalidade é tentar se aproximar da validação empírica do desenvolvimento econômico neste período, e sob a perspectiva da ideologia do desenvolvimento, e como contribuiu para o início, auge, declínio e fim da experiência desenvolvimentista brasileira. Para tanto, a estruturação deste trabalho consiste em três partes, além da introdução e das considerações finais, que consubstancia a consecução da experiência desenvolvimentista brasileira. A primeira seção aborda o conceito de ideologia, partindo da visão marxiana de falsa consciência até o prosseguimento de um conceito mais amplo, envolvendo as contribuições de Antonio Gramsci e György Lukács, e encerra correlacionando ideologia com o desenvolvimento, em sua concepção fenomênica. A segunda seção visa expor as teorias de desenvolvimento econômico gestadas no século XXI que vinculam-se teórico-metodologicamente a experiência brasileira, sendo subdividida em duas partes, na qual a primeira aborda as contribuições teóricas do desenvolvimento elaboradas no contexto dos países desenvolvidos e a segunda subseção diz respeito a contribuição da Cepal na formulação de uma teoria própria para o desenvolvimento econômico na América Latina. Por fim, a última seção faz jus a exposição e discussão da experiência desenvolvimentista brasileira, sob o viés econômico-ideológico, atendo-se como marco histórico de início, a posse de Luiz Inácio Lula da Silva como Presidente da República, de maneira a conectar o desempenho econômico brasileiro neste período desenvolvimentista e o exercício do pensamento ideológico como forma de reproduzir, conduzir e legitimar o desenvolvimento econômico no Brasil. Nas considerações finais, traçam-se ponderações e algumas reflexões sobre o período apresentado.
Abstract: This dissertation aims to expose and discuss the performance of the Brazilian developmental experience starting in 2003, with the inauguration of Luiz Inácio Lula da Silva as President of the Federative Republic of Brazil. In this exposition, the analysis is based on the presentation of some economic indicators, whose purpose is to try to approach the empirical validation of economic development in this period, and from the perspective of the ideology of development, and how it contributed to the beginning, and end of the Brazilian developmental experience. Therefore, the structuring of this work consists of three parts, besides the introduction and the final considerations, which consubstantiates the achievement of the Brazilian developmental experience. The first section approaches the concept of ideology, starting from the Marxian view of false consciousness until the continuation of a broader concept, involving the contributions of Antonio Gramsci and György Lukács, and ends by correlating ideology with development in its phenomenal conception. The second section aims at exposing the economic development theories developed in the XXI century that are theoretically and methodologically linked to the Brazilian experience. It is subdivided into two parts, in which the first deals with the theoretical contributions of development elaborated in the context of the developed countries and the second subsection refers to the contribution of ECLAC in the formulation of a proper theory for economic development in Latin America. Finally, the last section is entitled to the exposition and discussion of the Brazilian developmentalist experience, under the economic-ideological bias, taking into account the inauguration of Luiz Inácio Lula da Silva as President of the Republic, in order to connect the Brazilian economic performance in this developmental period and the exercise of ideological thought as a way of reproducing, leading and legitimizing economic development in Brazil. In the final considerations, some considerations and reflections about the period presented are drawn.
Palavras-chave: Desenvolvimento econômico
Desenvolvimentismo
Ideologia do desenvolvimento
Lulismo
Brazil
Economic development
Developmentalism
Developmental Ideology
Lulismo
Área(s) do CNPq: Economia
Crescimento e Desenvolvimento Econômico
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE ECONOMIA/CCSO
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO SOCIOECONOMICO/CCSO
Citação: RIBEIRO FILHO, Wilson França. A experiência desenvolvimentista brasileira a partir de 2003. 2019. 152 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socioeconomico/CCSO) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2841
Data de defesa: 29-Mar-2019
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE POS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO SOCIOECONOMICO

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
WILSON-RIBEIROFILHO.pdfDissertação de Mestrado1,02 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.