???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2639
Tipo do documento: Dissertação
Título: A noção de infância e suas implicações na atuação profissional de peritos psicólogos à luz de um aporte fenomenológico
Título(s) alternativo(s): The notion of childhood and its implications in the professional performance of expert psychologists in light of a phenomenological contribution
Autor: OLIVEIRA, Alexsandro Augusto Carvalho de 
Primeiro orientador: CARVALHO, Cristianne Almeida
Primeiro membro da banca: CARVALHO, Cristianne Almeida
Segundo membro da banca: SOUSA, Francisco de Jesus Silva de
Terceiro membro da banca: GOTO, Tommy Akira
Quarto membro da banca: FONTENELLE, Plínio Santos
Resumo: A constituição histórica da noção de infância revela uma pluralidade de elementos atrelados aos aspectos culturais, políticos, científicos e institucionais. Soma-se a isso a perspectiva humana de entendimento das particularidades inerentes ao fenômeno da infância e seus atravessamentos. Dessa forma, o presente projeto de pesquisa teve como objetivo principal investigar, à luz de um aporte fenomenológico, como peritos psicólogos que atuam em casos de suspeita de violência contra criança compreendem o fenômeno da infância e suas implicações na atuação profissional. Como objetivos específicos buscou-se apresentar a constituição histórica da noção de infância e seus desdobramentos em práticas institucionais de combate à violência contra criança; identificar práticas e procedimentos realizados pelos peritos psicólogos do Centro de Perícias Técnicas para a Criança e o Adolescente – CPTCA no Estado do Maranhão; e, por fim, analisar a narrativa de peritos psicólogos do CPTCA sobre a infância e possíveis implicações em sua atuação profissional por um viés fenomenológico. Tal temática surgiu de inquietações no âmbito das atividades desenvolvidas pelo próprio pesquisador em seu trabalho como perito psicólogo no referido Centro. Para alcançar os objetivos propostos, apresenta-se, inicialmente, considerações sobre a noção de infância em diversos campos do conhecimento; reflexões sobre a possibilidade de um conhecimento rigoroso sobre a infância a partir da fenomenologia de Merleau-Ponty; indicativos da relação entre Infância e Estado na história do Brasil; além de se discorrer sobre a atuação do perito psicólogo do CPTCA na proteção da criança. A pesquisa desenvolvida é de natureza qualitativa e as narrativas dos peritos psicólogos foram colhidas mediante entrevistas realizadas com os peritos por meio de um roteiro semiestruturado, com dados sócio-profissionais e uma pergunta disparadora. As narrativas foram analisadas por meio do Método Fenomenológico Experimental a partir de Amedeo Giorgi. Das narrativas dos peritos psicólogos emergiram unidades de sentido relacionadas a perspectivas de infância, ao desenvolvimento e formação da criança, à caracterização da infância e da criança, à criança presente na perícia psicológica, à violência na infância e às influências do contexto sócio-político na infância. Espera-se que esse estudo possa contribuir com reflexões, junto aos profissionais peritos psicólogos e aos demais interessados pelo tema, sobre a importância dos elementos que constituem a Infância, considerando a complexidade da violência e suas implicações nesse fenômeno.
Abstract: The historical constitution on the notion of childhood reveals a plurality of elements linked to cultural, political, scientific and institutional aspects. Add to this is the human perspective on understanding of the particularities intrinsic to the phenomenon of childhood and its crossings. Because of this, the present research project had as main objective to investigate, in the light of a phenomenological contribution, as expert psychologists who operate in cases of suspicious violence against children understand the phenomenon of childhood and their implications in the professional performance. As specific objectives, it was sought to present the historical constitution of the notion of childhood and its consequences in institutional practices to combat violence against children; to identify practices and procedures carried out by the expert psychologists of the Center for Technical Expertise for Children and Adolescents (CPTCA) in the State of Maranhão; and, finally, to analyze the narrative of expert psychologists of the CPTCA on childhood and possible implications in their professional performance for a phenomenological bias. This theme arose from concerns about the activities developed by the researcher himself in his work as an expert psychologist at the CPTCA. In order to reach the proposed objectives, we present, initially, considerations about the notion of childhood in several fields of knowledge; reflections on the possibility of a rigorous knowledge about childhood from the phenomenology of Merleau-Ponty; indicatives of the relation between Childhood and State in the history of Brazil; in addition to discuss the role of the CPTCA psychologist expert in child protection. The research developed is of a qualitative nature and the narratives of the expert psychologists were collected over interviews with the experts through a semi-structured script, with socio-professional data and a triggering question. The narratives were analyzed using the Experimental Phenomenological Method from Amedeo Giorgi. From the narratives of the psychologists experts emerged units of meaning related to childhood perspectives, to the development and formation of the child, to the characterization of childhood and child, to the child present in psychological expertise, to violence in childhood and to the influences of the socio-political context in the childhood. It is hoped that this study may contribute with reflections, along with professional expert psychologists and others interested in the matter, on the importance of the elements that constitute the Childhood, considering the complexity of the violence and its implications in this phenomenon.
Palavras-chave: Infância
Perícia psicológica
Fenomenologia
Atuação profissional
Psicologia no Maranhão
Childhood
Psychological expertise
Phenomenology
Professional performance
Psychology in Maranhão
Área(s) do CNPq: Psicologia do Desenvolvimento Humano
Filosofia
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA/CCH
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA/CCH
Citação: OLIVEIRA, Alexsandro Augusto Carvalho de. A noção de infância e suas implicações na atuação profissional de peritos psicólogos à luz de um aporte fenomenológico. 2018. 199 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Psicologia/CCH) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2639
Data de defesa: 11-Jul-2018
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AlexsandroOliveira.pdfDissertação de Mestrado2,55 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.