???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2634
Tipo do documento: Dissertação
Título: “O que é ruim para o aposentado é a falta de reconhecimento do que você foi”: as repercussões da aposentadoria na subjetividade de desembargadores inativos
Título(s) alternativo(s): "What is bad for the retiree is the lack of acknowledgment of what you were": the repercussions of retirement on the subjectivity of inactive judges
Autor: SOARES, Caroline Serra 
Primeiro orientador: RIBEIRO, Carla Vaz dos Santos
Primeiro coorientador: LEDA, Denise Bessa
Primeiro membro da banca: RIBEIRO, Carla Vaz dos Santos
Segundo membro da banca: LEDA, Denise Bessa
Terceiro membro da banca: DAL CASTEL, Vanderléia de L.
Resumo: A presente pesquisa teve como objetivo geral analisar as repercussões da aposentadoria na subjetividade do desembargador inativo. Para tanto, investigou-se os sentidos do trabalho e da aposentadoria para desembargadores inativos, bem como verificou-se elementos que se constituem como fonte de prazer e sofrimento para desembargadores inativos, identificando as razões pelas quais os desembargadores inativos retornaram ou não ao trabalho. Visando o alcance desses objetivos, optou-se pelo uso do referencial teórico da Psicodinâmica do Trabalho em articulação com o Materialismo Histórico-dialético. Sob esta perspectiva, o estudo constituiu-se de uma pesquisa bibliográfica e em uma pesquisa empírica com nove desembargadores aposentados. Trata-se de um estudo qualitativo, que teve como instrumento de coleta de dados uma entrevista semiestruturada e, para análise de dados, utilizou-se da Análise Crítica do Discurso (ACD), a partir de Fairclough. Constatou-se que o trabalho ocupava um lugar central e fundamental na vida dos entrevistados, quando estavam no cargo em questão, sobretudo, no aspecto da realização pessoal e do direcionamento da rotina. Aliado a isso, a existência de algumas peculiaridades do cargo de desembargador fazia com que o vínculo fosse ainda mais forte e complexo entre os participantes e o trabalho. Concluiu-se que a experiência do processo de aposentadoria causou uma ruptura na constituição da subjetividade dos entrevistados, exigindo novos modos de subjetivação a partir do lugar da inatividade. Diante desse cenário, inferiu-se que o principal fator desencadeante de sofrimento psíquico para os participantes na aposentadoria foi a falta de reconhecimento social. Logo, as perdas subjetivas e as angústias também foram experimentadas pelos desembargadores, embora sejam aposentados detentores de condições financeiras bastante confortáveis para os padrões da sociedade. Somado a isso, as falas dos desembargadores inativos refletiram bem as diversas faces da aposentadoria na medida que eles experimentaram desde o prazer do tempo livre, da liberdade, até sentimentos de inutilidade, isolamento social. Acrescenta-se, ainda, que os relatos dos entrevistados ratificaram que trabalho e aposentadoria são dois constructos interrelacionados, já que quanto mais o labor é importante para a vida do indivíduo, mais sofrido é o seu distanciamento do trabalho.
Abstract: The present research had as general objective to analyze the repercussions of the retirement in the subjectivity of the inactive judge. In order to do so, it was investigated the meanings of work and retirement for inactive lawyers, as well as elements that constitute a source of pleasure and suffering for inactive lawyers, identifying the reasons why the inactive judges returned or not to work. Aiming at the achievement of these objectives, it was chosen as theoretical reference the Psychodynamics of Work in articulation with Historical-Dialectical Materialism. From this perspective, the study consisted in a bibliographical and an empirical research with nine retired judges. It is a qualitative study that had as a data collection instrument a semi-structured interview and for data analysis was used from the Critical Discourse Analysis (ACD, in Portuguese) from Fairclough. It was found that work occupied a central and fundamental place in the lives of the interviewees, when they were in the position in question, especially in the aspect of personal fulfillment and the direction of routine. Besides, the existence of some peculiarities of the position of judge, made the bond even stronger and more complex between the participants and the work. It was concluded that the experience of the retirement process caused a rupture in the constitution of the subjectivity of the interviewees, requiring new modes of subjectivation from the place of inactivity. Given this scenario, it was inferred that the main triggering factor of psychic suffering for the participants in the retirement was the lack of social recognition. Therefore, subjective losses and distress were also experienced by the judges, although they are retired holders of very comfortable financial conditions for the society's standards. Added to this, the speeches of the inactive judges reflected well the various faces of retirement as they experienced from the pleasure of free time, freedom, to feelings of worthlessness, social isolation. It is also added that the reports of the interviewees ratified that work and retirement are two interrelated constructs, since the more the work is important for the life of the individual, the more suffered is their distance from work.
Palavras-chave: Centralidade do trabalho
Centralidade do trabalho
Aposentadoria
Subjetividade
Desembargador
Área(s) do CNPq: Psicologia Social
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA/CCH
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA/CCH
Citação: SOARES, Caroline Serra. “O que é ruim para o aposentado é a falta de reconhecimento do que você foi”: as repercussões da aposentadoria na subjetividade de desembargadores inativos. 2018. 96 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Psicologia/CCH) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2634
Data de defesa: 11-Dec-2018
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CAROLINESERRASOARES.pdfDissertação de Mestrado662,65 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.