???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2524
Tipo do documento: Dissertação
Título: Grandes empreendimentos e comunidades tradicionais: implicações subjetivas em famílias deslocadas compulsoriamente
Título(s) alternativo(s): Large enterprises and traditional communities: subjective implications in compulsorily displaced families
Autor: MORAIS, Tamires de Jesus 
Primeiro orientador: MONTEIRO, Cláudia Aline Soares
Primeiro membro da banca: MONTEIRO, Cláudia Aline Soares
Segundo membro da banca: LÉDA, Denise Bessa
Terceiro membro da banca: SANT’ANA JÚNIOR, Horácio Antunes de
Quarto membro da banca: SOUSA, Francisco de Jesus Silva de
Resumo: Este trabalho aborda as questões atinentes ao processo de deslocamento compulsório de famílias em prol da implantação de grandes projetos desenvolvimentistas, com um enfoque aos processos intrínsecos aos modos e meios de vidas daqueles que são compulsoriamente retirados do lugar de onde viviam e produziam seu sustento, o lugar que os identificava, o qual já tinham se apropriado. Fazemos este estudo a partir do caso de implantação da UTE Porto Itaqui, da empresa Eneva, em São Luís - MA. Trata-se de uma proposta de investigação sobre como estes grupos deslocados elaboram seus modos e meios de vida em seu espaço de reassentamento. Para tanto, compararemos os modos e meios de vida das famílias e sua implicação ético-afetiva e comunitária antes e depois do deslocamento compulsório. Além de avaliarmos em que medida o processo de deslocamento interfere nas relações comunitárias desses sujeitos. Deste modo, o percurso da construção deste trabalho se dá pela via da pesquisa bibliográfica, pesquisa de campo com entrevistas, utilizando a história oral de vida, para a produção textual do trabalho dissertativo.
Abstract: This paper addresses the issues related to the process of compulsory displacement of families in favor of the implementation of major development projects, with a focus on the processes that are intrinsic to the ways and means of life of those who are compulsorily removed from the place where they lived and produced their livelihood, Place that identified them, which they had already appropriated. We make this study based on the case of implementation of the Porto Itaqui UTE, of the company Eneva, in São Luís - MA. It is a research proposal on how these displaced groups shape their ways and livelihoods in their resettlement space. To do so, we will compare the families' ways and livelihoods and their ethical-affective and community implications before and after compulsory displacement. Besides evaluating the extent to which the displacement process interferes in the community relations of these subjects. In this way, the course of the construction of this work is through bibliographic research, field research with interviews, using the oral history of life, for the textual production of the dissertative work.
Palavras-chave: Deslocamento compulsório
Grandes empreendimentos
Implicações subjetivas
Compulsory displacement
Undertakings great
Subjective Implications
Área(s) do CNPq: Psicologia Social
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA/CCH
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA/CCH
Citação: MORAIS, Tamires de Jesus. Grandes empreendimentos e comunidades tradicionais: implicações subjetivas em famílias deslocadas compulsoriamente. 2017. 130 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Psicologia / CCH) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2524
Data de defesa: 24-May-2017
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TAMIRESMORAIS.pdfDissertação de Mestrado1,61 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.