???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2415
Tipo do documento: Dissertação
Título: Sensibilidade e especificidade do índice de massa corporal no diagnóstico de obesidade em pacientes renais crônicos não dialíticos: comparação com métodos padrão ouro e pontos de corte
Título(s) alternativo(s): Sensitivity and specificity of body mass index at diagnosis of obesity in chronic non-dialytic renal patients: comparison with standard gold methods and cut points
Autor: PINHEIRO, Antonia Caroline Diniz Brito 
Primeiro orientador: SALGADO FILHO, Natalino
Primeiro coorientador: FRANÇA, Ana Karina Teixeira da Cunha
Primeiro membro da banca: SALGADO FILHO, Natalino
Segundo membro da banca: FRANÇA, Ana Karina Teixeira da Cunha
Terceiro membro da banca: CARVALHO, Carolina Abreu de
Quarto membro da banca: VIANA, Kátia Danielle Araújo Lourenço
Quinto membro da banca: SANTOS, Alcione Miranda dos
Resumo: Introdução: O estado nutricional é um importante preditor de prognóstico na doença renal crônica (DRC), inclusive na fase pré-diálise. A obesidade tem sido identificada como um distúrbio nutricional altamente comum e medidas antropométricas universalmente usadas para seu diagnostico na população geral podem não apresentar a mesma performance em indivíduos com DRC. Objetivo: Verificar a sensibilidade e especificidade do índice de massa corporal com o percentual de gordura (%GC), obtido por meio da absorciometria com raios X de dupla energia (DEXA) e pletismografia de deslocamento aéreo (PDA) de pacientes renais crônicos em tratamento conservador. Métodos: Foram aferidas medidas de peso e estatura para obtenção do índice de massa corporal (IMC). O DEXA e PDA foram utilizados para determinação do %GC e foram considerados métodos padrão-ouro para avaliação da sensibilidade e especificidade. Resultados: Foram avaliados 78 pacientes, com média de idade de 54,4±13,9 anos. Houve maior prevalência de sobrepeso/obesidade (55,2%), segundo o IMC, e do %GC alto, de acordo com DEXA (69,2%) e PDA (53,8%). O IMC apresentou correlação estatisticamente significante com o %GC obtidos pelos dois métodos em ambo os sexos (p<0,05). Para detectar %GC alto, o IMC de 25 kg/m2 apresentou melhores valores de sensibilidade e especificidade para DEXA (73,3% e 66,7%, respectivamente) e PDA (77,3% e 52,9%, respectivamente) para os homens e para o DEXA (79,9% e 46,7%, respectivamente) nas mulheres, porém o IMC de 26 kg/m2 para a PDA nas mulheres seria mais acurado (70,0% e 73,7%, respectivamente). Conclusão: Foi elevada a prevalência de pacientes com excesso de gordura corporal. Os pontos de corte para o IMC não foram adequados nesses pacientes e sugere que valores de IMC=25 kg/m2 para homens e IMC=26 kg/m2 para as mulheres apresentam maior acurácia para diagnóstico de obesidade.
Abstract: Introduction: Nutritional status is an important predictor of prognosis in chronic kidney disease (CKD), including pre-dialysis. Anthropometric measures universally used for the diagnosis of obesity in the general population may not present the same performance in individuals with CKD. Aim: To verify the sensitivity and specificity of the body mass index (BMI) in relation to the percentage of body fat (%BF) obtained by dual energy X-ray absorptiometry (DEXA) and air displacement plethysmography (PDA) for patients with nondialysis chronic kidney disease. Methods: The BMI was obtained. DEXA and ADP were used to determine %BF and they were considered gold standard methods. Results: A total of 78 patients were evaluated, a mean age of 54.4 ± 13.9 years old. There was a higher prevalence of overweight/obesity (55.2%), according to BMI, and high %BF, according to DEXA (69.2%) and ADP (53.8%). The BMI showed a statistically significant correlation with the %BF obtained by both methods and in both sexes (p <0.05). To detect high %BF, the BMI of 25 kg/m2 had better sensitivity and specificity values for DEXA (73.3% and 66.7%, respectively) and ADP (77.3% and 52.9%, respectively) ) in men, and for DEXA (79.9% and 46.7%, respectively) in women. However, the BMI of 26 kg/m2 for ADP in women would be more accurate (70.0% and 73.7%, respectively). Conclusion: The prevalence of patients with excess body fat was elevated. The cutoff points for BMI were not adequate in these patients and suggested that BMI = 25 kg / m2 for men and BMI = 26 kg / m2 for the best diagnostic conditions of obesity.
Palavras-chave: Composição corporal
Insuficiência renal
Tecido adiposo
Índice de massa corporal
Body composition
Renal insufficiency
Adipose tissue
Body mass index
Área(s) do CNPq: Nefrologia
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE MEDICINA I/CCBS
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE/CCBS
Citação: PINHEIRO, Antonia Caroline Diniz Brito. Sensibilidade e especificidade do índice de massa corporal no diagnóstico de obesidade em pacientes renais crônicos não dialíticos: comparação com métodos padrão ouro e pontos de corte. 2018. 57f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde/CCBS) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2415
Data de defesa: 26-Mar-2018
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AntoniaCarolinePinheiro.pdfDissertação de Mestrado518,28 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.