???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2345
Tipo do documento: Dissertação
Título: POLÍTICA MONETÁRIA E INFLAÇÃO NO BRASIL: pressões básicas e mecanismos de propagação do nível geral de preços entre 2000 e 2015.
Título(s) alternativo(s): MONETARY POLICY AND INFLATION IN BRAZIL: basic pressures and propagation mechanisms of the General level of prices between 2000 and 2015.
Autor: SILVA, Anderson Nunes 
Primeiro orientador: PAULA, Ricardo Zimbrão Affonso de
Primeiro coorientador: BRITO, Alexsandro Sousa
Primeiro membro da banca: PAULA, Ricardo Zimbrão Affonso de
Segundo membro da banca: PREVIDELLI, Maria de Fatima Silva do Carmo
Terceiro membro da banca: SANTOS, Alan Vasconcelos
Resumo: Durante a década de 1980 no Brasil, os preços aumentaram de forma exorbitante, cerca de 260% a.a. Para “tentar” resolver esse problema, em 1999 houve uma mudança significativa na condução da política monetária brasileira, a implementação do Regime de Metas de Inflação (RMI). Contudo, esse regime sugere que, para combater a inflação, faz-se necessário agir de forma bastante rígida, com altas taxas de juros, o que pode afetar negativamente o nível de atividade econômica. No entanto, acredita-se que a inflação brasileira tem sido afetada basicamente pela oferta (custos) e não pela demanda, o que pode refutar a ideia de que os juros sejam o melhor remédio para conter a inflação. Nesse sentido, este trabalho visa entender, com base no método utilizado por Noyola Vásquez e Osvaldo Sukel, o que mais afetou o nível geral de preços no Brasil a partir do início da década de 2000 até 2015, ano em que a inflação voltou a crescer acima dos dois dígitos. Para isso, dividiu-se este trabalho em três partes, sendo que na primeira, mostra-se o desenho da política monetária e, posteriormente, faz-se uma breve revisão de literatura acerca da inflação, com foco nos trabalhos de Vásquez (2000) e Sunkel (2000), tendo em vista que estes não atribuem às variações na inflação, somente pressões de demanda, mas sim, apontam a existência de pressões inflacionárias básicas como pressões cambiais, além dos mecanismos de propagação da inflação, que podem limitar as políticas antiinflacionárias. Posteriormente, discute-se sobre o RMI, destacando sua fundamentação macroeconômica, desenho institucional, em especial, o brasileiro, e algumas críticas ao RMI com base em estudos já realizados. Por fim, mostra-se o que mais pressionou a inflação desde a implementação do RMI, destacando as pressões inflacionárias básicas no caso brasileiro e seus mecanismos de propagação. Assim, evidencia-se que a política monetária com base no RMI precisa ser revisada, já que esse regime é bastante rígido, sendo necessário altas taxas de juros. Contudo, no caso brasileiro, as pressões inflacionárias tem sido basicamente de custos (câmbio, quebra de safra e preços administrados) e não “exclusivamente de demanda”.
Abstract: During the 1980s in Brazil, prices rose exorbitantly, about 260% a.a. In order to "try" to solve this problem, in 1999 it was the turn of the Brazilian monetary initiative, an implementation of the Inflation Target Regime (RMI). However, this regime suggests that, in order to combat inflation, it is necessary to act in a very rigid manner, with high interest rates, which may have a negative effect on the level of economic activity. However, it is believed that the Brazilian subsidiary is controlled by the strategy of search for results and not demand, which may refute an idea that risks are the best remedies to contain inflation. In this sense, this paper aims to understand, based on the method used by Noyola Vásquez and Osvaldo Sukel, what is more important than the general level of prices in Brazil? above the two digits. To do this, divide this work into three parts, in which the first one shows the design of monetary policy and then there is a brief review of the literature on inflation, focusing on the works of Vásquez (2000) The Sunkel (2000). But, The Sims, Fixed the Existence to Variations Prilations to Currency Pressures, but the flag of propagation of inflation, that may be limit policies. anti-inflationary. Subsequently, the RMI is discussed, with emphasis on macroeconomic, institutional design, especially Brazilian, and some critics of RMI based on studies already performed. Finally, it is shown that it is more pressured from an implementation of the RMI, emphasizing the basic inflationary pressures on the processes of propagation. Thus, the evidence is a monetary policy based on the RMI needs to be revised, since it is a monetary regime with low interest rates. However, in the Brazilian case, inflationary pressures were taken by the basic exchange and administration costs and were not considered "exclusively in demand".
Palavras-chave: Pressões inflacionárias básicas; Regime de Metas de Inflação; Mecanismos de propagação
Basic inflationary pressures; Inflation Target Regime; Mechanisms of propagation
Área(s) do CNPq: Teoria e Política de Planejamento Econômico.
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE ECONOMIA/CCSO
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO SOCIOECONOMICO/CCSO
Citação: SILVA, Anderson Nunes. Politica Monetária e inflação no Brasil: pressões básicas e mecanismos de propagação do nível geral de preços entre 2000 e 2015.. 2018.82 folhas. Dissertação( Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socioeconomico/CCSO) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2345
Data de defesa: 20-Mar-2018
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE POS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO SOCIOECONOMICO

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Anderson Nunes Silva.pdfDissertação de Mestrado.893,92 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.