???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2314
Tipo do documento: Dissertação
Título: CONTRATO E CONDIÇÕES DE TRABALHO DOS CATADORES DE MATERIAIS RECICLÁVEIS: o caso do Maranhão a partir dos anos 2000.
Título(s) alternativo(s): CONTRACT AND WORKING CONDITIONS OF CATALYSTS OF RECYCLABLE MATERIALS: the case of Maranhão from the years 2000.
Autor: ALMEIDA, Rosângela Batista 
Primeiro orientador: FREITAS, César Augustus Labre Lemos de
Primeiro membro da banca: FREITAS, César Augustus Labre Lemos de
Segundo membro da banca: PAULA, Ricardo Zimbrão Affonso de
Terceiro membro da banca: PIRES, Murilo José de Sousa
Resumo: Com o avanço das forças produtivas muitos dos trabalhadores não se enquadram mais no mercado, fazendo com que o trabalho, que é a fonte de riqueza e de sustentação da sociedade e também, principal impulsionador da reprodução capitalista foi sendo fragilizado e isto fez com que muitos procurassem meios alternativos para garantirem seu sustento. Desta forma, estas atividades desempenhadas por grande parte da população que teve grande avanço a partir da década de 1970 ficaram conhecidas por atividades informais, e devido a esta situação e ampliação cada vez maior desta atividade, esta forma de trabalho marca a fase atual do capitalismo global, onde os trabalhadores são incorporados à produção sendo explorados informalmente, realizando trabalhos através de associações e cooperativas ou até mesmo vendendo sua força de trabalho informalmente. Neste momento, o trabalho é medido pela produção do trabalhador, responsabilizando-os pelos seus trabalhos estes são superexplorados, e ainda não tem garantia alguma, pois são desprovidos dos direitos trabalhistas. O sistema para perpetuar sua reprodução transforma os meios de produção e criam formas de exploração que reduzem o custo da produção, além de diminuírem o tempo de utilização das mercadorias viabilizando a lucratividade e impulsionando o consumo exacerbado, fazendo com que o aumento da produção dos resíduos sólidos cresça enormemente para que o fenômeno da reciclagem seja defendido como ação voltada para a conservação do meio ambiente e não como reprodução da acumulação capitalista, pois os recicláveis chegam até as indústrias através do trabalho dos catadores de materiais recicláveis, sujeitos diretos da precarização do trabalho. Nesta pesquisa analisamos os reflexos destas diversas transformações no mundo do trabalho, procurando desvendar os nexos que envolvem a relação entre a “informalidade” e o capitalismo. Isso foi feito a partir de um estudo de caso sobre um segmento de trabalhadores, mais precisamente, os catadores de resíduos recicláveis no Estado do Maranhão.
Abstract: With the advancement of the productive forces many of the workers do not fall more in the market, causing the work, which is the source of wealth and support of society and also, principal booster of capitalist reproduction was being weakened and this caused many Seek alternative means to ensure their livelihood. In this way, these activities performed by much of the population that had great advancement from the 1970 were known for informal activities, and due to this situation and increasing enlargement of this activity, this form of work marks the current phase of the Global capitalism, where workers are incorporated into production being informally exploited, performing jobs through associations and cooperatives or even selling their workforce informally. At the moment, the work is measured by the production of the worker, blaming them for their work these are overexploited, and still has no guarantee, because they are deprived of labor rights. The system to perpetuate its reproduction transforms the means of production and creates forms of exploitation that reduce the cost of production, in addition to diminish the time of use of the goods enabling profitability and boosting exacerbated consumption, causing the increase Of the production of solid waste grow enormously so that the phenomenon of recycling is defended as action focused on the conservation of the environment and not as reproduction of the capitalist accumulation, because the recyclables reach industries through the work of the scavengers of Recyclable materials, direct subjects of the work precarious. In this research we analyze the reflections of these various transformations in the world of work, seeking to unravel the nexus that involve the relationship between "informality" and capitalism. This was done from a case study on a segment of workers, more precisely, recyclable waste pickers in the state of Maranhão.
Palavras-chave: Informalidade;. Catadores; Capital; Estado e Reciclagem
informality; Pickers; Capital;State and recycling
Área(s) do CNPq: Mercado de Trabalho; Política do Governo.
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE ECONOMIA/CCSO
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO SOCIOECONOMICO/CCSO
Citação: ALMEIDA, Rosângela Batista. Contrato e condições de trabalho dos catadores de materiais recicláveis: o caso do Maranhão a partir dos anos 2000.. 2018. 84 folhas. Dissertação( Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Socioeconomico/CCSO) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2314
Data de defesa: 14-Mar-2018
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE POS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO SOCIOECONOMICO

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rosângela Batista Almeida.pdfDissertação de Mestrado.1,43 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.