???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2224
Tipo do documento: Dissertação
Título: Concentração de mercúrio total e avaliação de risco do consumo de peixes comercializados em São Luís, Maranhão
Título(s) alternativo(s): Concentration of total mercury and risk assessment of the consumption of fish commercialized in São Luís, Maranhão
Autor: OLIVEIRA, Rayone Wesly Santos de 
Primeiro orientador: LACERDA, Luiz Drude de
Primeiro membro da banca: CUTRIM, Marco Valério Jansen
Segundo membro da banca: NUNES, Jorge Luiz Silva
Terceiro membro da banca: MOUCHREK FILHO, Victor Elias
Resumo: A exposição humana ao Hg ocorre em sua maioria pelo consumo de peixes contendo concentrações que ultrapassam o limite estabelecido por órgãos reguladores. O mercado municipal do peixe de São Luís, MA, sendo este um patrimônio público com mais de 20 anos de existência, representa uma das áreas mais frequentadas por consumidores de pescado em São Luís. Dessa forma, foi escolhido como local onde se adquiriu as espécies para o presente estudo: Bagre bagre (Linnaeus, 1766), Micropogonias furnieri (Desmarest, 1823), Scomberomorus regalis (Bloch, 1793) e Cynoscion acoupa (Lacépede, 1802). A quantificação do Hg-total nas amostras e o índice de exposição pela ingestão das mesmas foi o objetivo de estudo deste trabalho. A quantificação da concentração de Hg-total foi realizada por espectrofotômetro de absorção atômica por geração de vapor frio (CV-AAS). As concentrações medianas e erro padrão de Hg-total foram: Bagre bagre (58,4 ± 8,1); Micropogonias furnieri (57,0 ± 8,4); Scomberomorus regalis (84,0 ± 11,3) e Cynoscion acoupa (263,1 ± 34,1). Os valores obtidos para Hg-tot analisados nas espécies quando comparados com a legislação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), mostram que nenhuma das amostras apresentou valor médio superior ao permitido. O valor de exposição diário médio estimado para as espécies não é susceptível de causar efeitos adversos para os consumidores. Entretanto, os resultados desse estudo sugerem que ao ultrapassar o nível médio de frequências de consumo estabelecido em dois grupos população geral e grupos de risco (grávidas, lactantes e crianças abaixo de 10 anos de idade) as concentrações medidas podem eventualmente apresentar risco para a saúde.
Abstract: Human exposure to Hg is usually due to fish consumption that contain concentrations that exceed the limit established by regulatory agencies. The municipal fish market of São Luís, MA, that is a public patrimony with more than 20 years of existence, represents one of the most frequented areas by fish consumers, and therefore was chosen as the place where were we acquired the species to the present study: Bagre bagre (Linnaeus, 1766), Micropogonias furnieri (Desmarest, 1823), Scomberomorus regalis (Bloch, 1793) e Cynoscion acoupa (Lacépede, 1802). The quantification of the total Hg in the samples and the exposure index by the ingestion of the fish were the objectives of this study. Total Hg concentrations were quantified by Cold Vapor Atomic Absorption Spectroscopy (CV-AAS). The median concentrations and standard error of total Hg for the species were: Bagre bagre (58.4 ± 8.1); Micropogonias furnieri (57.0 ± 8.4); Scomberomorus regalis (84.0 ± 11.3) and Cynoscion acoupa (263.1 ± 34.1). The values obtained for total Hg in the analyzed species, when compared to the legislation of the National Sanitary Surveillance Agency (ANVISA), sowed that no sample had a mean value higher than the allowed limit. However, the results suggest that if the consumption frequencies increases, the general population and the risk groups (pregnant, nursing mothers and children under 10 years of age) can be exposed to environmental health risk from the Hg presend in the consumed fish.
Palavras-chave: Metal pesado
Pescado
Exposição humana
Costa Amazônica
Heavy metal
Food
Human exposure
Amazon coast
Área(s) do CNPq: Química
Saúde Publica
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA/CCBS
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM OCEANOGRAFIA
Citação: OLIVEIRA, Rayone Wesly Santos de. Concentração de mercúrio total e avaliação de risco do consumo de peixes comercializados em São Luís, Maranhão. 2018. 49 f. Dissertação (Mestrado em Oceanografia) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2224
Data de defesa: 5-Feb-2018
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM OCEANOGRAFIA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RayoneSantos.pdfDissertação884,85 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.