???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2177
Tipo do documento: Dissertação
Título: Leishmaniose visceral em São Luís: uma avaliação após a descontinuidade do programa de controle de zoonoses
Título(s) alternativo(s): Visceral leishmaniasis in São Luís: an evaluation after the discontinuation of the zoonoses control program
Autor: NOGUEIRA, Ranielly Araujo 
Primeiro orientador: CARVALHO, Rafael Cardoso
Primeiro membro da banca: CARVALHO, Rafael Cardoso
Segundo membro da banca: SÁ, Joicy Cortez de
Terceiro membro da banca: SILVA, Ana Lucia Abreu
Quarto membro da banca: NASCIMENTO, Maria do Desterro Soares Brandão
Resumo: A leishmaniose visceral (LV) é uma doença tropical, crônica e negligenciada, causada por protozoários do gênero Leishmania, que são transmitidos por flebotomíneos, podendo infectar cães, humanos, raposas e marsupiais. A LV é endêmica no Brasil, tendo a região Nordeste com a maior concentração de casos. Em São Luís, MA, esta doença é endêmica desde a década de 80, e mesmo com as ações de controle e prevenção, por meio do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), a zoonose apresenta uma alta quantidade de casos caninos e humanos. Nos últimos anos, a periodicidade das atividades de controle e prevenção da doença foi mínima, o que instigou a realização desta pesquisa, que tem por objetivo avaliar os casos de leishmaniose visceral em humanos, notificados entre 2007 a 2016, e caninos, após a descontinuidade das ações e políticas públicas sob responsabilidade do CCZ, em São Luís, MA. A soroprevalência canina foi determinada por um inquérito amostral, realizado em bairros do Distrito Tirirical, no qual foram analisados o perfil clínico e a sorologia dos cães participantes. A avaliação dos casos notificados de LV humana foi realizada por meio dos dados fornecidos pela Secretária Municipal de Saúde (SEMUS) do município. O inquérito amostral analisou 190 cães domiciliados, ambos os gêneros, com e sem raça definida e idade a partir de seis meses. Nas análises clínicas, foram encontrados em todos os bairros animais com sinais clínicos sugestivos da infecção, como a caquexia, lesão de pele, aumento das unhas, linfadenomegalia e lesões oculares, por exemplo. A frequência de cães soropositivos para LV foi de 45,8%, correspondente a 87 animais destas localidades, dos quais 54% eram assintomáticos, com pouco ou nenhum sinal sugestivo da infecção. A análise dos casos humanos de LV, notificados entre os anos 2007 a 2016, demonstrou um total de 415 casos notificados a SEMUS. Destes 415 casos, 64,6% (268/415) foram notificados a partir de 2013, onde é possível observar o crescente aumento da incidência da zoonose, ano em que o Centro de Controle de Zoonose (CCZ) interrompeu suas atividades de controle e prevenção da doença. O Distrito Tirirical, local da realização do inquérito amostral canino, representa um local de alta concentração de casos humanos e de cães parasitados ao longo dos anos, o que é extremamente preocupante para a cidade de São Luís, uma vez que este distrito apresenta uma grande quantidade de cães positivos e assintomáticos, funcionando como reservatórios silenciosos e responsáveis pela manutenção do ciclo. Com estes dados, fica evidente que houve um aumento de casos humanos, possivelmente ratificado pela paralisação do CCZ e que também existe uma grande quantidade de cães portadores do parasito no Distrito analisado. Além disso, fica notória a necessidade de melhorias nas estratégias de controle e prevenção da doença para que possa ocorrer a redução dos casos de LV no município em estudo.
Abstract: Visceral leishmaniasis (VL) is a chronic, neglected and tropical disease caused by protozoa of the genus Leishmania, which are transmitted by sand flies and can infect dogs, humans, foxes and marsupials. Visceral leishmaniasis is endemic in Brazil, which has the Northeast region with the highest concentration of cases. At São Luís, MA, this disease has been endemic since the 80s and even with the actions of control and prevention through the Zoonoses Control Center, the disease presents a high number of canine and humans cases. In the last years, the frequency of disease control and prevention activities was minimal, which instigated the realization of this research, whose aim is to evaluate cases of visceral leishmaniasis in humans, reported between 2007 to 2016, and canines, after a discontinuation of actions and public policies under the responsibility of CCZ in São Luís, MA. Canine seroprevalence was determined by a sample survey, held in neighborhoods of the District Tirirical, in which the clinical profile and the serology of the participating dogs were analyzed. The evaluation of the reported cases of human VL was performed through data provided by the Municipal Health Secretary (SEMUS) of the municipality. The sample survey analyzed 190 domiciled dogs, both genders, with and without defined breed and age from six months. In the clinical analyzes, animals with clinical signs suggestive of infection, such as cachexia, skin lesion, nail enlargement, lymphadenopathy and ocular lesions were found in all neighborhoods. The frequency of seropositive dogs for LV was 45,8%, corresponding to 87 animals from these localities, of which 54% were asymptomatic, with little or no suggestive signs of infection. The analysis of human cases of VL, reported between the years 2007 to 2016, showed a total of 415 cases reported to SEMUS. Of these 415 cases, 64.6% (268/415) were notified in 2013, where it is possible to observe the increasing incidence of zoonoses, in the year which the Zoonoses Control Center (CCZ) stopped its control activities and prevention of disease. The Tirirical District, the site of the canine sample survey, represents a site of high concentration of human cases and dogs parasitized over the years, which is extremely worrying for a city of São Luís, since this district presents a large number of positive and asymptomatic dogs, functioning as silent reservoirs and responsible for maintaining the cycle. With these data, it is evident that there was an increase in human cases, possibly ratified by CCZ stoppage and that there are also a large number of parasited dogs in the analyzed District. In addition, the need for improvements in disease control and prevention strategies is evident so that the reduction of VL cases can occur in the municipality under study.
Palavras-chave: Endemia
Epidemiologia
Leishmania
Maranhão
Zoonoses
Endemic
Epidemiology
Leishmania
Maranhão
Zoonosis
Área(s) do CNPq: Protozoologia Parasitária Animal
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: COORDENACAO DO CURSO DE ZOOTECNIA/CCAA
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE/CCBS
Citação: NOGUEIRA, Ranielly Araujo. Leishmaniose visceral em São Luís: uma avaliação após a descontinuidade do programa de controle de zoonoses. 2018 .83f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde/CCBS) - Universidade Federal do Maranhão, São LuÍs .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2177
Data de defesa: 21-Mar-2018
Appears in Collections:TESE DE DOUTORADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RaniellyNogueira.pdfDissertação de Mestrado6,19 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.