???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2122
Tipo do documento: Tese
Título: Caracterização físico-química e efeito da galactomanana de sementes de Leucaena leucocephala (Lam.) De Wit no controle da obesidade
Título(s) alternativo(s): Physical-chemical characterization and galactomannan effect of seeds of Leucaena leucocephala (Lam.) De Wit in the control of obesity
Autor: VIANA, Kátia Danielle Araújo Lourenço 
Primeiro orientador: BORGES, Marilene Oliveira da Rocha
Primeiro coorientador: ROSA, Ivone Garros
Primeiro membro da banca: BORGES, Marilene Oliveira da Rocha
Segundo membro da banca: MORAES, Denise Fernandes Coutinho
Terceiro membro da banca: CALDAS, Germana Freire Rocha
Quarto membro da banca: CUNHA, Ana Karina Teixeira da
Resumo: As galactomananas são fibras dietéticas do tipo solúveis que podem influenciar mecanismos que envolvem o controle do apetite e conseqüente ganho de peso. Leucaena leucocephala (Lam.) de Wit está entre as espécies de leguminosa fonte de galactomananas. Este estudo teve como objetivo caracterizar a galactomanana de Leucaena leucocephala segundo parâmentros físico-químicos e estruturais e avaliar o seu efeito no controle da obesidade em ensaios pré- clínicos em ratos. A galactomanana foi obtida a partir da retirada manual do endosperma, dissolução em água, filtração e precipitação em etanol. O rendimento da galactomanana foi de 8,8% e as capacidades de retenção de água (7,08 g H2O/g polissacarídeo) e óleo (0,8 g óleo/g polissacarídeo) mostraram-se semelhantes à goma guar (Sigma®), utilizada como padrão analítico. A análise por microscopia eletrônica de varredura (MEV) revelou um polímero com intenso grau de porosidade na superfície, tendo os elementos oxigênio (54,9%), carbono (38,3%) e nitrogênio (6,8%) como principais na constituição da matéria seca de acordo com a análise de energia dispersiva de raios-X (EDS). A composição monossacarídica apresentou a manose (59,44%) e a galactose (39,60%) como componentes majoritários e razão Man:Gal de 1,5. A análise por espectroscopia na região do infravermelho (FTIR) sugere uma estrutura cristalina essencialmente formada por anéis piranosídicos de resíduos de galactosil e manosil representados por estiramentos vibracionais de grupos funcionais como C-O, C-C-O, C-OH, C-H e OH. A amostra mostrou-se homogênea com elevada massa molar e as propriedades reológicas revelaram que, em solução aquosa a 5%, a galactomanana se comportou com fluido não-newtoniano e pseudoplástico. Para avaliar o efeito da galactomanana de L. leucocephala na obesidade, ratos Wistar (Rattus norvegicus), fêmeas, com 60 dias de idade receberam dieta hiperlipídica durante 18 semanas e foram posteriormente distribuídos aleatoriamente em: grupo GL (n = 5), tratado com gel a 5% de galactomanana de L. leucocephala; GG (n = 5), tratado com gel a 5% de goma guar (Sigma®) e o grupo COB (n = 5), recebeu água destilada (0,1 mL/100 g). O grupo controle não-obeso (CNO, n = 5) recebeu dieta padrão para ratos (Nuvilab®). Os tratamentos foram realizados diariamente, por gavagem, por um período de 18 semanas. As variáveis analisadas foram: evolução da massa corporal, ingestão alimentar e calórica, níveis plasmáticos de colesterol total, HDL-c, triglicerídeos e glicemia de jejum, marcadores hepáticos (colesterol total, triglicerídios e gordura total) e gordura corporal (retroperitonial, gonadal, visceral e adiposidade abdominal). Para a avaliação do esvazimento gástrico e trânsito intestinal foram utilizados 24 animais divididos em 4 grupos (6 animais/grupo): controle (CONT), atropina (ATP), goma guar (GG) e galactomanana de L. leucocephala (GL). O tratamento a longo prazo com o gel a 5% de galactomanana de L. leucocephala, em comparação ao gupo controle-obeso (COB), exerceu efeito protetor na evolução do peso corporal (7,57% vs 11,5%), reduziu significativamente o consumo alimentar diário (7,63 g vs 11,79 g), os depósitos de gordura gonadal e visceral (2,20% vs 3,54% e 1,20% vs 2,16%, respectivamente). Os resultados obtidos indicam que a galactomanana das sementes de L. leucocephala pode ser considerada um importante adjuvante no uso de galactomananas em processos biotecnológicos e industriais bem como na terapêutica da obesidade e suas complicações.
Abstract: Galactomannans are dietary fibers of the soluble type that can influence mechanisms that involve the control of appetite and consequent weight gain. Leucaena leucocephala (Lam.) de Wit is among the species of leguminous source of galactomannans. This study aimed to characterize Leucaena leucocephala galactomannan according to physical-chemical and structural parameters and evaluate its effect on the control of obesity in pre-clinical tests in rats. Galactomannan was obtained from manual withdrawal of the endosperm, dissolution in water, filtration and precipitation in ethanol. The yield of galactomannan was 8.8% and the water retention (7.08 g H2O/g polysaccharide) and oil (0.8 g oil/g polysaccharide) were similar to guar gum (Sigma®), used as an analytical standard. The scanning electron microscopy (SEM) revealed a polymer with an intense degree of surface porosity. The elements oxygen (54.9%), carbon (38.3%) and nitrogen (6.8%) dry matter composition according to the X-ray dispersive energy analysis (EDS). The monosaccharide composition presented mannose (59.44%) and galactose (39.60%) as major components and Man: Gal ratio of 1.5. Infrared spectroscopy (FTIR) analysis suggests a crystalline structure essentially formed by pyranoside rings of galactosyl residues and manipulations represented by vibratory stretches of functional groups such as C-O, C-C-O, C-OH, C-H and OH. The sample showed to be homogeneous with high molar mass and as rheological properties revealed that, in 5% aqueous solution, the galactomannan behaved with non-Newtonian and pseudoplastic fluid. To evaluate the effect of L. leucocephala galactomannan on obesity, 60-day-old female Wistar rats (Rattus norvegicus) received a hyperlipid diet for 18 weeks and were then randomly assigned to: GL group (n = 5), treated With 5% Gel of L. leucocephala galactomannan; GG (n = 5), treated with 5% guar gum gel (Sigma®) and COB group (n = 5), dropping distilled water (0.1 ml / 100 g). The non-obese control group (CNO, n = 5) received standard diet for rats (Nuvilab®). Treatments were performed daily by gavage for a period of 18 weeks. The variables analyzed were body mass, food and caloric intake, plasma levels of total cholesterol, HDL-c, triglycerides and fasting glycemia, hepatic markers (total cholesterol, triglycerides and total fat) and body fat (retroperitoneal, gonadal, visceral and abdominal adiposity). For the evaluation of gastric emptying and intestinal transit, 24 animals were divided into 4 groups (6 animals / group): control (CONT), atropine (ATP), guar gum (GG) and galactomannan of L. leucocephala (GL). Long-term treatment with the 5% galactomannan gel of L. leucocephala, compared to the control-obese group (COB), exerted a protective effect on the evolution of body weight (7.57% vs 11.5%) and reduced (7.63 g vs g), gonadal and visceral fat deposits (2.20% vs 3.54% and 1.20% vs 2.16%, respectively). The results indicate that the galactomannan of the seeds of L. leucocephala can be considered an important adjuvant in the use of galactomannans in biotechnological and industrial processes as well as in the therapy of obesity and its complications.
Palavras-chave: Polissacarídeos.
Obesidade.
Leucaena leucocephala.
Polysaccharides.
Obesity.
Leucaena leucocephala.
Área(s) do CNPq: Ciências Biológicas
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA/CCBS
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA - RENORBIO/CCBS
Citação: VIANA, Kátia Danielle Araújo Lourenço. Caracterização físico-química e efeito da galactomanana de sementes de Leucaena leucocephala (Lam.) De Wit no controle da obesidade. 2017. 151f. Tese (Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia - RENORBIO/CCBS) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2122
Data de defesa: 16-Jun-2017
Appears in Collections:TESE DE DOUTORADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA/RENORBIO

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
KátiaViana.pdfTese de Doutorado2,23 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.