???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2018
Tipo do documento: Dissertação
Título: SUBEXPRESSÃO DOS GENES RB, P53 E MYC MEDIADA POR HPV E SUPEREXPRESSÃO DE GENES ENVOLVIDOS NO PROCESSO INFLAMATÓRIO COX2, PGE2 E EGFR COM IMPORTÂNCIA TERAPÊUTICA EM CÂNCER PENIANO.
Título(s) alternativo(s): SUB EXPRESSION OF RB, P53 AND MYC MEDIATED BY HPV AND SUPER SUPERVISION OF GENES INVOLVED IN THE INFLAMMATORY PROCESS COX2, PGE2 AND EGFR WITH IMPORTANT THERAPEUTIC CANCER IN PENIAN CANCER.
Autor: MENDES, Juliana Melo Macedo
Primeiro orientador: PEREIRA, Silma Regina Ferreira
Primeiro coorientador: SILVA, Gyl Eannes Barros
Primeiro membro da banca: PEREIRA, Silma Regina Ferreira
Segundo membro da banca: KHAYAT, André Salim
Terceiro membro da banca: RODRÍGUEZ BURBANO, Rommel Mario Rodríguez Burbano
Quarto membro da banca: NASCIMENTO, Flávia Raquel Fernandes do
Resumo: Câncer peniano (CaPe) é uma neoplasia rara com maior incidência em regiões com baixos índices socioeconômicos. No Brasil, a maior parte dos homens acometidos por essa doença residem nas regiões Norte e Nordeste. Entre os principais fatores de risco estão a falta de higiene, fimose, infecção por papilomavírus humano (HPV) de alto risco e inflamação crônica. Embora o papel d a inflamação e da infecção por HPV sejam conhecidas em alguns cânceres, ainda não é bem estabelecida a relação entre esses dois fatores e a disrupção de genes envolvidos na gênese de CaPe. Assim, neste estudo foi avaliada a expressão de genes envolvidos no processo de inflamação crônica e na infecção pelo HPV e o papel da desregulação desses genes no estabelecimento e progressão de tumor peniano. Para isto, foram avaliadas amostras teciduais frescas e fixadas em formalina embebidas em parafina (FFPE) de 55 pacientes com câncer de pênis. Foram realizadas detecção e genotipagem de HPV por nested PCR e sequenciamento direto em todas as amostras Um subgrupo amostral (N=37) foi avaliado por qRT-PCR para determinação da expressão dos genes COX-2, EGFR, MYC, RB e P53. Para isso, foram usadas secões de tecidos de FFPE contendo mais de 70% de células tumorais. A expressão proteica desses genes e de PGE2 foi determinada por imunohistoquímica em 42 amostras. Foi feita análise de associação entre os parâmetros clínico-histopatológicos, presença de HPV e expressão gênica e proteica. Todos os tumores foram classificados como carcinoma epidermóide de células escamosas. DNA de HPV foi detectado em 80% dos tumores (N=55), dos quais 95% apresentaram, pelo menos, um subtipo de alto risco, e destes, HPV16 foi o subtipo mais frequente (63%). Dentre as amostras negativas para HPV no tecido tumoral, 14% foram positivas no tecido adjacente ao tumor, de modo que 94% dos pacientes, no total, foram positivos para presença de DNA de HPV. Nas amostras nas quais foi feita análise de expressão gênica (N=37), detectou-se 94,4% de infecção, sendo 94% dos infectados possuem, pelo menos um, tipo de alto risco. Foi Identificada superexpressão em todos os genes envolvidos no processo inflamatório. EGFR mostrou superexpressão em 84% das amostras, enquanto COX2 e PGE mostraram-se, cada um, superexpressos em 40% dos tumores. Houve associação entre níveis de expressão de EGFR e COX2, e entre COX2 e PGE2. Por outro lado, os genes relacionados à infecção por HPV, MYC, RB e P53, mostraram-se subexpressos em 97%, 85% e 81% das amostras, respectivamente. A expressão dos genes estudados não mostrou associação com as variáveis clínico-histopatológicas. Este estudo descreve a repressão da atividade de RB e P53 em tumores HPV+, sugerindo que há um mecanismo de controle desses genes em câncer peniano, possivelmente mediado pelo vírus. A alta detecção de infecção por HPV mostra a importância da imunização de meninos na prevenção de câncer peniano, e ressalta-se a necessidade de ampliação da cobertura vacinal de modo a abranger tipos de vírus presentes em câncer peniano. A superexpressão de EGFR/COX2/PGE2, e a associação encontrada entre eles, sustenta a possibilidade de uso terapêutico de drogas anti-EGFR e anti-COX em tumores penianos.
Abstract: Penile cancer (PeCa) is a rare neoplasm with higher incidence in regions with low socioeconomic indexes. In Brazil, most of the men afflicted by this disease reside in the North and Northeast. Among the main risk factors are lack of hygiene, phimosis, high-risk human papillomavirus (HPV) infection and chronic inflammation. Although the role of inflammation and HPV infection is known in some cancers, the relationship between these two factors and the disruption of genes involved in the CaPe genesis is not yet well established. Thus, our main goal was to determine the expression of genes involved in the process of chronic inflammation and in the carcinogenesis mediated by HPV infection and the role of the deregulation of these genes in the establishment and progression of penile tumor. For this purpose, fresh and formalin-fixed paraffin-embedded (FFPE) tissues from 55 patients with penile cancer were evaluated. HPV detection and genotyping were carried out by nested PCR and direct sequencing in all samples. A subgroup (N = 37) was evaluated by qRT-PCR to determine COX-2, EGFR, MYC, RB and P53 gene expression. For this, sections of FFPE tissues containing more than 70% tumor cells were analyzed. Protein expression of these genes and PGE2 were determined by immunohistochemistry in the same tumor tissues. An analysis of the association between the clinical-histopathological parameters, presence of HPV, and gene and protein expression was performed. All tumors were classified as epidermoid squamous cell carcinoma. HPV DNA was detected in 80% of tumors, of which 95% had at least one high-risk subtype, and HPV16 was the most frequent subtype (63%). Among the HPV negative samples in the tumor tissue, 14% were positive in the tissue adjacent to the tumor, so that 94% of the patients, in total, were positive for the presence of HPV DNA.. Overexpression was identified in all genes involved in the inflammatory process. EGFR showed overexpression in 84% of the samples, while COX2 and PGE were overexpressed in 40% of the tumors, each. There was an associationbetween the levels of EGFR and COX2 expression, and between COX2 and PGE2. On the other hand, the genes related to HPV infection, MYC, RB and P53, were underexpressed in 97%, 85% and 81% of the samples, respectively. The gene expressions did not show any association with clinical-histopathological variables. This study describes the repression of RB and P53 activity in HPV + tumors, suggesting that there is a mechanism of control of these genes, possibly mediated by the virus. The high detection of HPV infection shows the importance of the immunization of boys in the prevention of penile cancer. Our data emphasize the need to expand the vaccine coverage to cover types of HPV present in penile cancer. The overexpression of EGFR / COX2 / PGE2, and the association found between them, support the possibility of therapeutic use of anti-EGFR and anti-COX drugs in penile tumors.
Palavras-chave: Câncer de pênis; inflamação crônica; tumorigênese; HPV
Penile cancer, chronic inflammation; tumorigenesis; HPV
Área(s) do CNPq: Genética Humana e Médica.
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE MEDICINA I/CCBS
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE/CCBS
Citação: MENDES, Juliana Melo Macedo. SUBEXPRESSÃO DOS GENES RB, P53 E MYC MEDIADA POR HPV E SUPEREXPRESSÃO DE GENES ENVOLVIDOS NO PROCESSO INFLAMATÓRIO COX2, PGE2 E EGFR COM IMPORTÂNCIA TERAPÊUTICA EM CÂNCER PENIANO.. 2017. [81 folhas]. Dissertação( PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE/CCBS) - Universidade Federal do Maranhão, [São Luís] .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2018
Data de defesa: 28-Aug-2017
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Juliana Macedo.pdfDissertação de Mestrado3,75 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.