???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/1920
Tipo do documento: Tese
Título: “A GENTE VIVIA DE TRÁS DOS OUTROS”: processo de reorganização social Krenyê
Título(s) alternativo(s): The Krenyê social reorganization process
Autor: ALMEIDA , Mônica Ribeiro Moraes de 
Primeiro orientador: COELHO, Elizabeth Maria Beserra
Primeiro membro da banca: OLIVEIRA, Adalberto Luiz Rizzo de
Segundo membro da banca: FISHER, William H.
Terceiro membro da banca: BRUSTOLIN, Cíndia
Quarto membro da banca: MARTINS, Cynthia Carvalho
Resumo: Neste trabalho abordo alguns elementos constitutivos do processo de reorganização social dos Krenyê localizados no estado do Maranhão. No início do século XXI, começaram a afirmar pertencimento a um povo considerado extinto, os “Krenyê de Bacabal”. A invasão do território por forças coloniais levou à perda do mesmo em meados do século XX. Passaram por processos de dispersão e fragmentação que os levaram a viver nas terras de outros povos e situação de “invisibilidade” e silenciamento. Este processo ocorre de modo contigente e relacional, e é vivido de forma diferente por aqueles que reivindicam ascendência Krenyê. Assim, objetivo enfatizar o caráter histórico e transitório das identidades e as questões políticas e estratégicas Krenyê, que são postas pela necessidade de reconhecimento identitário e territorial.
Abstract: In this work, I analyze some constituent elements from Krenyê social reorganization process located in Maranhão. Early 21st century, they claimed belonging people considered extinct, the Krenyê of Bacabal. The invasion by colonial forces led to the loss of territory in the middle of the twentieth century. They passed by the process of dispersion and fragmentation that they went through the loss of territory and lived in the lands of other peoples, leading them to “invisibility” and “silencing”. This process occurs by contingent and relational mode, and had been lived different ways between those claiming Krenyê´s ancestry. Then, I want to emphasize the historical and transitory character of identities and the political and strategic Krenye’s issues, posed by the necessity to achieve the recognition of identity and territory.
Palavras-chave: Krenyê
Território
Identidade
Etnicidade
Territory
Identity
Ethnicity
Área(s) do CNPq: Etnologia Indígena
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE SOCIOLOGIA E ANTROPOLOGIA/CCH
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS/CCH
Citação: ALMEIDA , Mônica Ribeiro Moraes de. “A gente vivia de trás dos outros”: processo de reorganização social Krenyê. 2017. 250 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/1920
Data de defesa: 7-Aug-2017
Appears in Collections:TESE DE DOUTORADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MonicaAlmeida.pdfTese5,3 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.