???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/1783
Tipo do documento: Dissertação
Título: Efeito cicatrizante e anti-inflamatório de formulações contendo Jacaranda decurrens CHAM
Título(s) alternativo(s): Healing and anti-inflammatory effects of formulations containing Jacaranda decurrens CHAM
Autor: Serra, Mariana Barreto 
Primeiro orientador: BORGES, Marilene Oliveira da Rocha
Primeiro coorientador: Abreu, Iracelle Carvalho
Resumo: Jacaranda decurrens CHAM. (Bignonaceae), conhecida como carobinha, é prevalente no bioma cerrado e apresenta uso popular como anti-inflamatório e cicatrizante de ferimentos. Neste estudo, investigou-se o efeito cicatrizante e anti-inflamatório de formulações de uso tópico (FtEHJ) e oral (FoEHJ) preparadas a partir do extrato hidroalcoólico das folhas de J. decurrens. Realizou-se avaliação fitoquímica preliminar. No ensaio de cicatrização, utilizou-se 55 camundongos Swiss que foram submetidos a uma lesão dorsal de 1 cm de diâmetro e tratados por via tópica com base da formulação (BFt), pomada Fibrinase® e FtEHJ (50 mg/kg). Ao final dos períodos de tratamento, os animais foram eutanasiados e o tecido cicatricial foi retirado para dosagem de citocinas inflamatórias (TNF-α, IL-1β e IL-6) por ELISA no primeiro e sétimo dia de análise, expressão gênica de TGF-β, Colágeno tipo I e Colágeno tipo III no sétimo dia e avaliação histológica no nono dia. Para o ensaio de inflamação utilizou-se 40 ratos Wistar, divididos nos seguintes grupos: Veículo, Carragenina (1%), Carragenina+Indometacina (10mg/kg), Carragenina+FoEHJ (250mg/kg). Após 4h da aplicação da carragenina houve a retirada do líquido ascítico para contagem global e diferencial de leucócitos. A avalização fitoquímica constatou uma forte presença de compostos fenólicos, flavonóides e taninos condensados. O grupo FtEHJ teve maior percentual de contração do ferimento (18%) logo nas primeiras 24h de tratamento e acelerou a cicatrização para nove dias, enquanto os grupos BFt e Fibrinase® cicatrizaram em doze dias. Além disso, apresentou menor conteúdo de citocinas inflamatória e maior expressão gênica de TGFβ e colágeno do tipo I. A análise histológica mostrou inflamação discreta, epitelização e conteúdo de colágeno acentuados. O tratamento com a FoEHJ inibiu a migração de neutrófilos em 72% enquanto o grupo indometacina inibiu em 56%, comparados ao grupo carragenina (2040±244,8 neutrófilos/mm3 ). Acredita-se que as ações de flavonoides e compostos fenólicos, presentes no extrato hidroalcoólico de J. decurrens, possam estar relacionadas com as atividades cicatrizante e anti-inflamatória das formulações.
Abstract: Jacaranda decurrens CHAM. (Bignonaceae), known as carobinha, is prevalent in the cerrado biome and presents popular use as an anti-inflammatory and wound healing. In this study, investigate the healing and anti-inflammatory effects of topical (FTEHJ) and oral (FoEHJ) formulations prepared from the hydroalcoholic extract of the leaves of J. decurrens. Preliminary phytochemical evaluation was carried out. In the healing test, 55 Swiss mice were submitted to a dorsal lesion of 1 cm in diameter and treated topically with formulation base (BFt), Fibrinase® ointment and FtEHJ (50mg/kg). At the end of the treatment periods, the animals were euthanized and the scar tissue was removed for dosage of inflammatory cytokines (TNF-α, IL- 1β, and IL-6) by ELISA on the first and seventh day of analysis, TGF-β gene expression, type I collagen and type III collagen on the seventh day and histological evaluation on the ninth day. For the inflammation assay 40 rats were used, divided into the following groups: Vehicle, Carrageenan (1%), Carrageenan + Indomethacin (10mg / kg), Carrageenan + FoEHJ (250mg / kg). After 4h of the application of carrageenan there was a withdrawal of ascitic fluid for global and differential leukocyte count. The phytochemical evaluation showed a strong presence of phenolic compounds, flavonoids and condensed tannins. The FtEHJ group had a greater percentage of wound contraction (18%) within the first 24 hours of treatment and healing acceleration for nine days, while the BFt and Fibrinase® groups healed within 12 days. In addition, it presented lower inflammatory cytokine content and greater gene expression of TGFβ and type I collagen. A histological analysis showed discrete inflammation, epithelization and marked collagen content. Treatment with a FoEHJ inhibited neutrophil migration by 72% whereas the indomethacin group inhibited by 56%, compared to the carrageenan group (2040 ± 244.8 neutrophils / mm3). It is believed that as actions of flavonoids and phenolic compounds, present not hydroalcoholic extract of J. decurrens, be related to the cicatrizant and antiinflammatory activities of the formulations.
Palavras-chave: Jacaranda decurrens
Fitoquímica
Pele
Inflamação
Cicatrização de feridas
Jacaranda decurrens
Phytochemistry
Skin
Inflammation
Wound healing
Área(s) do CNPq: Farmacognosia
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE MEDICINA I/CCBS
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE/CCBS
Citação: SERRA, Mariana Barreto. Efeito cicatrizante e anti-inflamatório de formulações contendo Jacaranda decurrens CHAM. 2017. 2 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/1783
Data de defesa: 28-Apr-2017
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MarianaSerra.pdfResumo75,8 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.