???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/1631
Tipo do documento: Dissertação
Título: Efeito das sementes de Linum usitatissimum L. var. humile (Mill.) Pers. (linhaça marrom) no aparelho reprodutor de ratas ovariectomizadas
Título(s) alternativo(s): Effect of Linum usitatissimum L. var. Humile (Mill.) Pers. (Brown flax) in the reproductive system of ovariectomized rats
Autor: Gonçalves, Elaine Mendes 
Primeiro orientador: BORGES, Marilene Oliveira da Rocha
Primeiro coorientador: Silva, Selma do Nascimento
Resumo: A terapia de reposição hormonal é forma mais eficaz para o tratamento de sinais e sintomas da pós-menopausa, entretanto está relacionada à presença de efeitos indesejáveis. Por esse motivo, tem-se buscado alternativas mais seguras para o controle destes sintomas, como o uso de fitoestrógenos. As sementes de Linum usitatissimum L. (linhaça) são ricas em um precursor de lignana, que é convertido no intestino em substâncias que se assemelham estruturalmente ao estrogênio. Este trabalho objetivou avaliar o efeito do extrato hidroalcoólico das sementes de L. usitatissimum no aparelho reprodutor de ratas Wistar ovariectomizadas. As sementes foram turbolizadas e remaceradas três vezes em etanol 70% na proporção 1:3 (v/v), por 24 horas, para a obtenção do extrato. Foram utilizadas ratas adultas (80 dias) da espécie Rattus norvegicus, distribuídos em 6 grupos (n=5-6): grupo falso operado (FO) e grupo ovariectomizado (OVR), administrados com água destilada/cremofor a 3% (0,1 mL/ 100g, v.o.); grupo benzoato de estradiol (BE), ovariectomizado tratado com estradiol na dose de 10 μg /kg (s.c.) e outros três grupos ovariectomizados tratados, por via oral, com o extrato de L. usitatissimum nas doses de 100 mg/kg (LIN100), 250 mg/kg (LIN250) ou 500 mg/kg (LIN500). As ratas foram ovariectomizadas e, após 21 dias da cirurgia, receberam diariamente os tratamentos, por 2 meses, período que foi avaliado ciclo estral, peso corporal e consumo alimentar. Ao final do tratamento, o sangue foi coletado para análises bioquímica e hormonal, além da pesagem de órgãos, reatividade uterina e histologia do útero, vagina e mamas. Na análise do ciclo estral, o grupo OVR permaneceu com maior frequência na fase diestro durante os 2 meses. O grupo LIN100 apresentou-se 100% em diestro e o LIN250, 94,5% (1º mês) e 93,5% (2º mês). Na maior dose testada (grupo LIN500), a linhaça mostrou, no 2º mês, 14,3% de pró-estro e 61,9% de diestro. O grupo BE atingiu 100% de estro no fim do tratamento. A ovariectomia induziu aumento de peso corporal no grupo OVR (19,6%), que foi prevenido nos grupos LIN e BE. Além disso, os grupos tratados com o extrato não alteraram o peso uterino em relação ao OVR, que mostrou uma redução de 83,4% em comparação ao FO. Porém, no BE, houve aumento de 80,5% do peso uterino. A ovariectomia induziu um aumento na gordura intra-abdominal em 47,9% que foi reduzida no grupo LIN500 em 35,5% e no grupo BE em 45,8%. Nas análises bioquímicas não foi observada diferenças entre os grupos. Já na dosagem hormonal, o grupo OVR mostrou redução de 75,3% do estradiol em relação ao FO, enquanto que nos grupos tratados com o extrato não houve diferença em relação ao OVR. Para a progesterona, não houve diferença entre os grupos. A reatividade uterina ao carbacol, prostaglandina F2α e ocitocina foi diminuída com a ovariectomia, porém não foi alterada com o extrato de L. usitatissimum. Na análise histomorfométrica do útero, o grupo LIN500 mostrou um discreto aumento do epitélio luminal uterino em 12,8%, quando comparado ao grupo OVR. Para os outros parâmetros não houve diferenças, assim como na histomorfometria das mamas. Portanto, o extrato hidroalcoólico de L. usitatissimum apresenta potencial como alternativa à terapêutica na pós-menopausa, pois mostrou efeitos em parâmetros citológicos e tecido adiposo, sem estimular tecidos mamário e endometrial.
Abstract: The hormone replacement therapy is the most effective way for the treatment of conditions related to post-menopause, but is related to the presence of undesirable effects. In this situation, safer alternatives have been investigated for the treatment of menopausal symptoms arising, such as the use of phytoestrogens. Seeds of Linum usitatissimum L. (flaxseed) are rich in lignan precursor, which is converted to substances which are structurally similar to estrogen. This study evaluates the effect of the hydro alcoholic extract of the seeds of L. usitatissimum on the reproductive tract of ovariectomized female Wistar rats. The seeds were crushed and remacerated and three times in 70% ethanol in the ratio 1:3 (v/v) for 24 hours to obtain the extract. Adult rats (80 days) from Rattus norvegicus species, divided into 6 groups (n = 5-6) were used: sham operated (FO) and ovariectomized (OVR) administered distilled water/3% cremophor (0.1 ml/100g, v. o.); estradiol benzoate (BE), ovariectomized treated with estradiol benzoate at a dose of 10 μg/kg (s. c.) and three ovariectomized groups treated with the extract of L. usitatissimum at doses of 100 mg/kg (LIN100), 250 mg/kg (LIN250) or 500 mg/kg (LIN500). The rats were ovariectomized and 21 days after surgery, received daily treatments, for two months, when it was rated the estrous cycle, body weight and food consumption. At the end of this period, blood was collection and subsequent biochemical and hormonal analyzes, and organ weighing, uterine reactivity and uterus, vagina and breasts histology. In the analysis of the estrous cycle, the OVR group had a higher frequency in the diestrus stage during the 2 months. The LIN100 group showed up 100% in diestrus and LIN250, 94.5% (1st month) and 93.5% (2nd month). At the highest dose tested (LIN500 group), flaxseed showed in the 2nd month of treatment, 14.3% of pro-estrus and diestrus 61.9%. The BE group reached 100% of estrus in the 2nd month. Ovariectomy induced body weight gain in OVR group (19.6%) which was prevented in the groups LIN and BE. Moreover, the groups treated with the extract did not alter uterus weight in relation to OVR, which showed a decrease of 83.4% compared to the FO. However, in BE, were increased by 80.5% the uterus weight. Ovariectomy induced intra-abdominal fat gain which was reduced to 47.9% in the LIN500 group 35.5% and 45.8% in BE group. In biochemical analyzes no differences between the groups was observed. In hormone dosage, OVR group decreased by 75.3% in estradiol compared to FO, whereas in the groups treated with the extract showed no differences compared to OVR. In relation to progesterone, there was no difference between groups. Uterine responsiveness to carbachol, PGF2α and oxytocin was decreased with ovariectomy and L. usitatissimum extract did not alter this effect. Histomorphometric analysis of the uterus, LIN500 group showed a significant increase in the luminal epithelium of the uterus in 12.8%, when compared to the OVR group. The other parameters did not differ, as well as the breasts histomorphometry. Therefore, the hydro alcoholic extract of L. usitatissimum has potential as an alternative to therapy in postmenopausal women, as it showed cytological parameters and on adipose tissue effects, without stimulating breast and endometrial tissues.
Palavras-chave: Linum usitatissimum L.
Ratas
Ovariectomia
Fitoestrógenos
Flaxseed
Rats
Ovariectomy
Phytoestrogens
Área(s) do CNPq: Ginecologia e Obstetrícia
Farmacognosia
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE MEDICINA I/CCBS
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE/CCBS
Citação: GONÇALVES, Elaine Mendes. Efeito das sementes de Linum usitatissimum L. var. humile (Mill.) Pers. (linhaça marrom) no aparelho reprodutor de ratas ovariectomizadas. 2014. 78 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/1631
Data de defesa: 30-Apr-2014
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ElaineGoncalves.pdfDissertação1,92 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.