???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/1154
Tipo do documento: Dissertação
Título: SÍNDROME DO CLIMATÉRIO: inquérito populacional domiciliar em São Luís, MA
Título(s) alternativo(s): CLIMACTERIC SYNDROME: a population survey on household St. Louis, MA
Autor: Malheiros, Elizabeth Santos de Andrade 
Primeiro orientador: BRITO, Luciane Maria Oliveira
Resumo: O climatério representa o período de vida da mulher que marca a transição da fase reprodutiva para a não reprodutiva, resultante do declínio gradual da função ovariana e a ocorrência da menopausa. É marcado por alterações no organismo feminino, tais como: sintomas vasomotores, psicológicos, urogenitais, sexuais e distúrbio do sono. O objetivo deste estudo foi avaliar a prevalência dos sintomas climatéricos. Realizou-se um estudo descritivo e exploratório de corte transversal, tipo inquérito populacional domiciliar. Foram selecionadas 1210 mulheres climatéricas de 45 a 60 anos de idade. As entrevistas foram aplicadas por questionários com perguntas abertas, fechadas e pré-testadas no período de abril a julho de 2008. A análise dos dados foi realizada pelo teste do qui-quadrado e variância de Kruskall-Wallis. A intensidade dos sintomas climatéricos foi analisada pelos índices circulatório e psicológico. A média etária da menopausa natural foi de 48 anos (DP±4,61), sendo que a idade mínima foi de 25 e a máxima de 58 anos. A prevalência de sintomas associados à síndrome do climatério foi de 77,8%, destacando-se fogachos e sudorese como os sintomas vasomotores mais prevalentes. Os sintomas psicológicos mais freqüentes foram nervosismo e irritabilidade. A intensidade dos sintomas vasomotores e psicológicos, calculada pelo índice circulatório e psicológico, não evidenciou diferença significativa de acordo com o estado menopausal. Houve predomínio do ressecamento vaginal como a queixa urogenital mais prevalente. Observou-se que a maioria das mulheres climatéricas de São Luís está na faixa etária de 55 a 60 anos, de cor parda, com 09 a 11 anos de escolaridade, casada, com emprego remunerado, católica e de classe social C. Conclui-se que a prevalência dos sintomas climatéricos foi elevada em mulheres climatéricas residentes em São Luís, destacando-se: fogachos, sudorese, nervosismo, irritabilidade, ressecamento vaginal e dispareunia. A intensidade dos sintomas vasomotores e psicológicos foi significativamente mais elevada na peri e pós menopausa.
Abstract: The climacterium is the period of a woman's life that marks the transition from reproductive stage and non reproductive stage, resulting from the gradual decline of ovarian function and the occurrence of menopause. It is marked by changes in the female body, such as vasomotor symptoms, psychological, genitourinary, sexual and sleep disturbance. The aim of this study was to evaluate the prevalence of climacteric symptoms. This is a descriptive and cross-sectional population-based study. It enrolled 1210 perimenopausal women from 45 to 60 years old. Interviews were conducted by a specific questionnaires in the period from April to July 2008. Data analysis was performed by chi-squared test and Kruskal-Wallis variance. The intensity of climacteric symptoms was analyzed by circulatory and psychological index. The mean age of natural menopause was 48 years (SD ± 4.61), and the minimum age was 25 and maximum was 58 years. The prevalence of symptoms associated with the climacteric syndrome was 77,8%, especially hot flashes and sweating that was most prevalent vasomotor symptoms. Nervousness and irritability were most frequent psychological disturb. The intensity of vasomotor symptoms and psychological, calculated by circulatory and psychological index, do not have a significant differences according to menopausal stage. There was a prevalence of vaginal dryness as the most prevalent genitourinary complaint. It was observed that most menopausal women of São Luis is in the age group of 55-60 years, brown color, with 09 to 11 years of schooling, married, with gainfully employed, Catholic and from social class C. This study concluded that the prevalence of climacteric symptoms was high in climacteric women living in São Luis, especially: hot flashes, sweating, nervousness, irritability, vaginal dryness and dyspareunia. The intensity of vasomotor and psychological symptoms was significantly higher in peri and postmenopause
Palavras-chave: Inquérito Populacional
Estudo transversal
Menopausa
Climatério
Population-Based
Cross-Sectional Study
Menopause
Climatery
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::GINECOLOGIA E OBSTETRICIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: saúde da mulher e saúde materno-infantil
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE MATERNO-INFANTIL
Citação: MALHEIROS, Elizabeth Santos de Andrade. CLIMACTERIC SYNDROME: a population survey on household St. Louis, MA. 2010. 108 f. Dissertação (Mestrado em saúde da mulher e saúde materno-infantil) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/1154
Data de defesa: 20-Dec-2010
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE MATERNO-INFANTIL

Files in This Item:
File SizeFormat 
Dissertacao Elizabeth.pdf370,23 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.