???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/1121
Tipo do documento: Dissertação
Título: AS FORMAS DE VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER NO MUNICÍPIO DE TIMON- (MA)
Título(s) alternativo(s): FORMS OF VIOLENCE AGAINST WOMEN IN THE CITY OF TIMON - (MA)
Autor: Silva, Maria de Fátima Parentes da 
Primeiro orientador: BRITO, Luciane Maria Oliveira
Resumo: Introdução:A violência contra a mulher é um problema mundial de saúde pública e fere princípios éticos de igualdade. Apesar de todos os direitos conquistados, das leis existentes, das políticas públicas implantadas, as mulheres continuam sofrendo violência. Objetivos: Foram estudadas as diversas formas de violência, as características da vítima e o grau de parentesco com o agressor. Material e métodos: Foi realizado um estudo descritivo e retrospectivo, de julho a dezembro de 2005, no Instituto Médico Legal (IML) da cidade de Timon-MA com mulheres que sofreram algum tipo de violência e procuraram a Delegacia de Atendimento Especial à Mulher (DEAM) para registro do Boletim de Ocorrência (BO), sendo encaminhadas ao IML para a realização de exame pericial. Resultados: Dos 106 casos estudados, 78% foram de violência física infligida por arma branca, paus, pedras, pés, mãos e dentes. Em 52% dos casos a mão foi utilizada para golpear e esganar. Em 61% as lesões foram múltiplas com a mulher apresentando 2 ou até 5 tipos de lesões tais como equimoses(34%) e escoriações(27%). Quanto à localização das lesões, 30% foram na cabeça e 34% nos membros superiores, o que demonstra a intenção brutal do agressor em ferir e deixar marcas visíveis, uma vez que em 79% foi constatada a presença de agravo à integridade física da mulher. A violência sexual foi notificada em 13 casos, nos quais 54% das mulheres foram estupradas. Conclusões: As informações colhidas junto ao IML demonstram que a violência contra a mulher não se restringe a uma determinada faixa etária, cor, profissão ou estado civil e que em 54% das agressões, o agressor era conhecido pela mulher, sendo que destes, 44% era marido/namorado.
Abstract: Introduction: Violence against women is a global problem of public health and violate principles of equality. Spite of all earned rights, existent laws, and public policies that have been introduced, women keep on suffering from violence. Objectives: We studied the various forms of violence, the characteristics of the victim and the relationship with the abuser. Methods: We conducted a retrospective and descriptive study, July to December 2005, the Medical Legal Institute (IML) of the city of Timon-MA with women who have suffered some type of violence and tried to go to the Special Care Women ( DEAM) for record of the police reports (BO), being sent to the IML to the implementation of peer review. Results: Of the 106 cases studied, 78% were of physical violence inflicted by white gun, sticks, stones, feet, hands and teeth. In 52% of cases the hand was used to strike and strangle. In 61% the lesions were multiple women presenting with 2 or up to 5 types of injuries such as bruises (34%) and excoriation (27%). As the location of the lesions, 30% were in the head and upper limbs 34%, which demonstrates the intention of the brutal aggressor in hurt and leave visible marks, since 79% was observed in the presence of harm to physical integrity of women. Sexual violence was reported in 13 cases, in which 54% of women were raped. Conclusions: The information collected from the IML showed that violence against women does not restrict itself to a certain age, race, profession or marital status and in 54% of assaults, the perpetrator was known by the woman, of which 44% were husband / boyfriend.
Palavras-chave: Violência
Saúde
Mulher
Violence
Health
Women
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::SAUDE MATERNO-INFANTIL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: saúde da mulher e saúde materno-infantil
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE MATERNO-INFANTIL
Citação: SILVA, Maria de Fátima Parentes da. FORMS OF VIOLENCE AGAINST WOMEN IN THE CITY OF TIMON - (MA). 2008. 64 f. Dissertação (Mestrado em saúde da mulher e saúde materno-infantil) - Universidade Federal do Maranhão, São Luis, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/1121
Data de defesa: 26-Oct-2008
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE MATERNO-INFANTIL

Files in This Item:
File SizeFormat 
Maria de Fatima Parentes da Silva.pdf940,07 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.