???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/1057
Tipo do documento: Dissertação
Título: ESTUDO DA INFECÇÃO E DOENÇA NO CÃO (Canis familiares) POR Leishmania (Leishmania) chagasi EM UMA ÁREA ENDÊMICA NA ILHA DE SÃO LUÍS-MARANHÃO, BRASIL
Título(s) alternativo(s): STUDY OF INFECTION AND DISEASE IN DOG (Canis family) BY Leishmania (Leishmania) chagasi in an endemic area on the island of St. Louis-Maranhão, Brazil
Autor: Garcia, Arnaldo Muniz
Primeiro orientador: DUTRA, Richard Pereira
Resumo: Realizou-se um estudo de coorte prospectivo com 350 cães com idades variadas nas localidades de Vila Nova e Bom Viver no município da Raposa-MA no período de março de 2002 a dezembro de 2003, com o objetivo de avaliar o comportamento da infecção por L. (L.) chagasi. As áreas escolhidas são resultantes do processo de ocupação desordenada, contribuindo em média com 60% dos casos de LVH e LVC notificados pelo município. Procedeu-se inicialmente com o inquérito populacional nas duas localidades por meio do censo canino. O estudo processou-se em duas fases, com intervalo de 7 meses entre as mesmas. Na primeira fase participaram do estudo 350 cães, e por meio de visita casa/casa aplicou-se um questionário com dados epidemiológicos, demográficos, clínicos e comportamentais dos cães. Realizou-se o teste de intradermorreação de Montenegro (IDRM) com antígeno de L. amazonensis e adequado para cães, teste sorológico Enzyme Linked Immunsorbent Assay (ELISA), clínico e parasitológico dos animais positivos para os testes IDRM e/ou ELISA. A partir de parâmetros clínico e imunológico já referidos na literatura, foram definidas quatro categorias de diagnóstico, classificando os cães segundo o seu curso evolutivo em cães não infectados (195), infectados (100), doente oligossintomático (41) e doente polissintomático (14). A segunda fase foi realizada com aplicação dos mesmos testes da primeira fase com 230 cães, essa redução deveu-se em função das perdas (36,28%) ocasionadas por óbitos, mudança de endereço e desaparecidos. Os cães positivos para um ou ambos os testes foram acompanhados bimestralmente com reavaliação dos exames clínicos. A prevalência inicial, final e incidência da infecção foram 8,57%, 6,52% e 8% por IDRM; por ELISA 39,71%, 32,6% e 16%; por ELISA e IDRM 44,29%, 37,39% e 21,6% respectivamente. No que se refere a forma clinica, os cães foram classificados da seguinte forma: infectados (28,57%), doente oligossintomático (11,71%) e doente polissintomático (4%). De acordo com as análises estatísticas não ajustada e ajustada, as variáveis idade, raça, lesão secundária, condição física e localidade foram associadas a infecção por L. (L.) chagasi. A infecção por L. (L.) chagasi estava presente 52,97% da população canina de Vila Bom Viver e 34,55% em Vila Nova, demonstrando que em área endêmica ocorre a intensa e ativa circulação da Leishmania.
Abstract: A cohort prospective study was carried with 350 dogs of various ages at localities Vila Nova and Bom Viver in the municipality of Raposa-MA, from March of 2002 to December of 2003. The objective is to avaluate the behavior of L. (L.) chagasi infection. The chosen areas are a result of the disordered occupation process, contributing with 60% of LVH and LVC cases that were notified by the municipal district. At first, the procedure was made by doing the populational inquiry the two places by means of canine census. The study was processed in two phases, with interval of 7 months among the same ones. In the first phase, 350 dogs participated of the study and by a visiting process a questionnaire with epidemiological, demographical, clinical and behavioral data about the dogs was applied. The testing of Montenegro intradermoreaction (IDRM) was made with the antigen of L. (L.) amazonensis and adapted for dogs, serological examination testing Enzyme Linked Immunsorbent Assay (ELISA), clinical e parasitical were also made in positive animals to IDRM and/or ELISA tests. Starting from clinical and immunological parameters already referred in literature, were defined four diagnoses categories, classifying the dogs according to its evolutionary course in not infected dogs (195), infected (100), Oligosymptomatic sick (41) and polysymptomatic sick (14). The second phase was accomplished with application of the same tests of the first phase with 230 dogs, that reduction was due in function of the losses (36,28%) caused by death, address change and missing. The positive dogs for an or both tests were accompanied bimonthly with reevaluation of the clinical exams. The initial and final prevalence and incidence of the infection were 8,57%, 6,52% and 8% for IDRM; by ELISA 39,71%, 32,6% and 16%; for ELISA and IDRM 44,29%, 37,39% and 21,6% respectively. In what the clinical form refers, the dogs were classified in the following way: infected (28,57%), oligosymptomatic sick (11,71%) and polysymptomatic sick (4%). in agreement with the statistical analyses not adjusted and adjusted, the variable age, race, secondary lesion, physical condition and place were associated the infection for L. (L.) chagasi. The infection for L. (L.) chagasi was present in 52,97% of the canine population of Vila Bom Viver and 34,55% in Vila Nova, demonstrating that in endemic area happens the intense and active circulation of Leishmania.
Palavras-chave: LVC
LVH
L. (L.) chagasi
Infectados
Prevalência
Incidência
Infecção
LVC
LVH
L. (L.) chagasi
Infected
Prevalence
Incidence
Infection
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::SAUDE PUBLICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: SAÚDE E MEIO AMBIENTE
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE E AMBIENTE/CCBS
Citação: GARCIA, Arnaldo Muniz. STUDY OF INFECTION AND DISEASE IN DOG (Canis family) BY Leishmania (Leishmania) chagasi in an endemic area on the island of St. Louis-Maranhão, Brazil. 2004. 103 f. Dissertação (Mestrado em SAÚDE E MEIO AMBIENTE) - Universidade Federal do Maranhão, São Luis, 2004.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/1057
Data de defesa: 28-Jan-2004
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE E AMBIENTE

Files in This Item:
File SizeFormat 
Arnaldo Muniz Garcia.pdf640,52 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.